"Não manipulamos o resultado como a Ferrari", alfineta chefão da Red Bull

11 de novembro de 2010

O dono da Red Bull, o bilionário austríaco Dietrich Mateschitz, garante que a sua equipe não irá “manipular o resultado, como faz a Ferrari” e que se o resultado disso for a perda do título de pilotos de 2010 então que assim seja.  Fernando Alonso continua a liderar o campeonato, à frente dos dois pilotos da Red Bull, Mark Webber e Sebastian Vettel, quando falta apenas uma corrida para o final da temporada. Todavia, a Red Bull pretende manter a sua posição relativamente às ordens de equipe, ou seja, não forçará os seus pilotos a nada.

“Apoiamos os nossos pilotos de forma igual durante todo o ano e seria errado retirar um deles da corrida pelo título agora”, adiantou Christian Horner, chefe da equipe.

Dietrich Mateschitz partilha a forma de pensar de Horner: “Vamos deixar os nossos dois pilotos correr e o que for, será”, disse, em declarações ao jornal ‘Kliene Zeitung’. “Prevejo um final típico de Hollywood. Se o Alonso vencer o título foi porque tivemos azar. Se na pior das hipóteses não formos campeões? Fica para o próximo ano. Mas vamos manter a nossa filosofia porque isto é um esporte e deve permanecer um esporte. Não manipulamos as corridas como faz a Ferrari”, concluiu.

Fonte:F1Mania.net – redacao@f1mania.net