Os líderes do Brasileiro de Rally em busca do penta

11 de novembro de 2010

A Salvini Racing pode sagrar-se pentacampeã nacional de rali cross-country já em São Joaquim, SC, durante a 9ª etapa do campeonato para a categoria Caminhões. O piloto Guido Salvini, o navegador Weidner Moreira e o copiloto Fernando Chwaigert, contabilizam 75 pontos, contra os 68 pontos de André Azevedo e Maykel Justo.

A agitação do evento começa amanhã, dia 12 de novembro, às 23:00 horas, com a festa de abertura no Parque Nacional da Maçã, que envolverá Motos, Quadriciclos, Carros e Caminhões (as categorias possuem o número de etapas diferenciadas, uma vez que algumas provas acontecem separadamente). Os motores dos “gigantes” roncarão no domingo à noite, às 20:30 horas com o prólogo que definirá a ordem de largada para a especial.

“Estamos à duas etapas do final da temporada 2010, e mesmo se conquistarmos dois segundo lugares, já nos sagraremos campeões; mas é claro que não é isso que queremos. Nosso intuito é vencer o Rally das Serras e ampliar ainda mais nossa vantagem na liderança”, explicou Moreira.

Na segunda-feira, às 09:00 horas, enfim começarão os “pegas” dentro do percurso de 188 quilômetros. No trecho cronometrado, pilotos e navegadores pisarão fundo no acelerador, para defender com muito suor cada segundo possível. A briga pelo título é acirrada, e cada equipe lutará até o último quilômetro para terminar o Brasileiro com uma boa colocação.

“Vencemos o Rally das Serras em 2009, e desta forma, torna-se uma questão de honra para nosso time, defender esta posição em São Joaquim. Estamos bem preparados fisicamente e psicologicamente, e principalmente, bem providos com nossos equipamentos; temos um poderoso Mercedes-Benz Atego 1725, que esbanja robustez e potência. Isso sem falar da qualidade incontestável dos pneus Michellin e dos lubrificantes Shell; e todos nós juntos, formamos a receita perfeita e campeã. Prova disso, são os quatro títulos conquistados pela Salvini Racing, que está bem próxima do quinto”, salientou orgulho Salvini.

Entretanto, o piloto ainda é bastante cauteloso, e destaca que o roteiro do Rally das Serras apresentará diversos tipos de obstáculos naturais, que exigirá perícia e habilidade dos competidores. “Segundo a organização do certame, existe um trecho parecido com o Deserto do Jalapão, no Tocantins, lugar que enfrentamos algumas vezes no Rally dos Sertões, e sabemos que é ‘casca grossa’. Por isso, para sair vitorioso teremos que nos dedicar muito, respeitar nossos adversários, e principalmente, não subestimar absolutamente nada”, ponderou Salvini.

Foto:Doni Castilho/Divulgação.