Bruno Senna espera "pequena melhora" no GP de Abu Dhabi

14 de novembro de 2010

Bruno Senna levou a melhor sobre Christian Klien no duelo interno da HRT F1 Team e vai largar amanhã na 23ª posição no GP de Abu Dhabi, no encerramento de sua temporada de estreia na Fórmula 1. Embora satisfeito com o trabalho realizado neste sábado no circuito de Yas Marina, onde já havia superado o austríaco na terceira e última sessão de treinos livres, Bruno voltou a encontrar dificuldades com o carro da equipe espanhola. “Ele está saindo muito de traseira. Vamos ter de investigar as causas e tentar resolver o problema para a corrida”, disse.

Bruno afirmou que o F110 se apresentou melhor com o primeiro jogo de pneus macios, quando chegou a se colocar à frente dos carros da Virgin. Com o segundo, já no final dos 20 minutos do Q1, o rendimento não foi o mesmo. “Além disso, não é fácil juntar todas as melhores parciais na mesma volta, porque esta pista é difícil”, observou. “Sou mais veloz que o Christian nos dois trechos iniciais, mas está um pouquinho mais rápido no terceiro.”

A prova nos Emirados Árabes Unidos apontará o novo campeão da Fórmula 1. Bruno acredita que o espanhol Fernando Alonso tem maiores chances de cruzar a linha de chegada como sucessor de Jenson Button e alcançar seu terceiro título. “A diferença de oito pontos na liderança do campeonato e as posições de largada jogam em favor dele. Mas corrida é sempre corrida e muita coisa ainda pode acontecer”, lembrou.

Em sua despedida do calendário, Bruno pode apenas contar com um pequeno crescimento que o carro da HRT F1 Team costuma apresentar em condições de prova. Na semana passada, em Interlagos, por exemplo, Bruno brigou ao longo de todas as voltas com as Virgin de Lucas di Grassi e Timo Glock. “Na teoria, deveremos ser mais competitivos do que no qualifying. Mas a verdade é que é melhor esperar pela prova do que fazer previsões.”