Em discurso, Alonso não condiz com o que demonstra na pista

15 de novembro de 2010

Dois momentos marcarão negativamente a final da temporada 2010 da F1. Primeiro: a imagem de Fernando Alonso encostando o carro ao lado da Renault de Vitaly Petrov, reclamando pelo fato do russo não ter o deixado passar. Segundo: não ter ido cumprimentar Sebastian Vettel pelo título mundial.

Como diz uma antiga expressão: as imagens não mentem. Porém, o ser humano é capaz de vestir diversas mascaras em um curto espaço de tempo.

“Foi muito difícil passar o Petrov. A Renault é muito rápida em reta, então fiquei frustrado. Mas isso é esporte: às vezes você ganhas, às vezes você perde…”, afirma o politicamente correto Alonso. “No próximo ano tentarei novamente”.

O piloto também descartou erro de estratégia da Ferrari: “Se ficássemos mais tempo na pista, poderíamos perder a posição para o Webber. Ter entrado no boxe representou voltar logo atrás do Rosberg e do Petrov.”

Fonte:F1Mania.net – redacao@f1mania.net

Foto:Escuderia Ferrari.