Reijers Rally Team é vice campeã na Protótipos no Rally das Serras

16 de novembro de 2010

Todos entraram, mas poucos conseguiram concluir! A dificuldade do 2º Rally das Serras imperou do início ao fim do percurso de 188 quilômetros, e o trial pesado foi o grande destaque da 13ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country, para carros.

O evento aconteceu nesta segunda-feira, 15 de novembro, em São Joaquim, SC, e dos 23 carros que formaram o grid de largada, apenas 14 colocaram os veículos no parque fechado, porém, deste número, poucos terminaram com as máquinas em reais condições de disputa. “A organização avisou que ao longo do caminho, haveria muitas pedras, com um chão extremamente duro, que exigiria resistência dos veículos e qualidade técnica dos competidores. E assim foi!”, revelou o piloto Roberto Reijers, que compete ao lado do navegador Rogério Almeida. “O roteiro foi travado, com poucos setores de alta velocidade. A média horária que conseguimos acelerar, creio que tenha sido em torno de 50 km/h”, completou.

O 2º Rally das Serras percorreu a região de Coxilha Rica, pelas cidades de Painel, Lages e Vacaria, apresentando diversas erosões, travessias de riachos, subidas e descidas. Cerca de 40% do roteiro adentrou áreas serranas, com paisagens deslumbrantes.

A Reijers Rally Team conquistou o 3º lugar na Geral, e o 2º lugar na categoria Protótipos. Ao terminar o trecho cronometrado com o tempo de 04 horas 12 minutos e 48 segundos, a dupla reconheceu a técnica do roteiro e os níveis de obstáculos. “Foi um autêntico rali cross-country. Sofrimento total!”, salientou Almeida, que completou. “Porém, a planilha ainda precisa melhorar. As referências deixaram a desejar, despertando dúvidas. Como em 2009, a aferição não bateu com a medição do GPS”, alertou o navegador. Os vencedores foram Jean Azevedo e Emerson Cavassin, seguidos por Klever Kolberg e Flávio França.