Pachenki chega a Brasília disposto a retomar liderança da Copa Montana

18 de novembro de 2010

A caça ao título da Copa Montana deverá ter menos integrantes a partir da oitava e penúltima etapa, que será disputada neste domingo (21) no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. A classificação atual permite a conquista do título aos oito primeiros colocados na tabela de classificação. Com o resultado da corrida no anel externo do circuito candango é de se supor que este número caia a algo em torno de sua metade.

Entre os principais candidatos ao título de 2010 está o paranaense Diogo Pachenki, que defende a Nascar Motorsport. Ele integra a lista de sete pilotos que venceram corridas nesta temporada e, pela classificação bruta, é vice-líder com 87 pontos, seis a menos que o paulista Rafael Daniel, da Scuderia 111. Uma vitória na Copa Montana vale 25 pontos e, além da corrida de domingo na capital federal, haverá outra, em Curitiba, no dia 5 de dezembro.

“O que me preocupa, por enquanto, não são os números do campeonato, mas o trabalho. Vou correr para vencer, ou para chegar em segundo lugar, e levar a decisão do título para Curitiba”, antecipa Pachenki, que foi campeão da classe de acesso da Stock Car na temporada de 2004. O paranaense deixou a liderança da competição na sétima etapa, em Santa Cruz do Sul, onde teve um pneu furado quando era o segundo colocado na corrida.

A projeção do descarte obrigatório dos dois piore resultados de cada piloto sobre a classificação atual mantém Pachenki na liderança, um ponto à frente de Daniel. “Não é isso que importa. Para mim, o que vale é que a gente tem muito motivo para chegar a Brasília confiante. É uma pista onde sempre me dou bem, já fui até campeão brasileiro correndo lá. Em 2009, minha equipe ficou em segundo lugar lá com o Juliano Moro, e eu fui terceiro”, lembra.

O carro número 6 pilotado por Pachenki exibe as cores e logomarcas de Colchões Ecoflex, Mion, Diference e Boutique do Sono. “A gente tem conseguido estar sempre entre os primeiros nas últimas corridas, e nas duas últimas vamos ter que imprimir um rush forte. Espero que a decisão do título aconteça mesmo só em Curitiba, onde eu também tenho um handicap muito bom”, afirma o piloto, que ganhou a quinta corrida de 2010, em Interlagos.

A penúltima etapa da temporada, no domingo, terá largada às 13h, com transmissão ao vivo de Rede TV!, Speed Channel e Race TV – a geração de imagens é da paranaense Master TV. A duas corridas do término do campeonato, a classificação da Copa Chevrolet Montana, considerado entre parênteses o total líquido de pontos dos pilotos que têm descarte de resultados a fazer, é a seguinte:

1º) Rafael Daniel (SP/Scuderia 111), 93 (84)
2º) Diogo Pachenki (PR/Nascar Motorsport), 87 (85)
3º) Eduardo Leite (SP/Hot Car Racing), 83
4º) Douglas Soares (SP/Gramacho Racing), 76 (65)
4º) Wellington Justino (GO/Hot Car Racing), 76 (69)
6º) Sérgio Jimenez (SP/Scuderia 111), 68
7º) Lucas Finger (SP/AMG Motorsport), 61 (57)
8º) Galid Osman (SP/Carlos Alves Competições), 46
9º) Gustavo Sondermann (SP/J. Star Racing), 35
10º) João Pretto (MT/Mottin Racing), 32
11º) Sérgio Ramalho (PE/Bazzo Racing), 30
11º) Cássio Homem de Mello (SP/Petrópolis Motorsport), 30
13º) Ítalo Silveira (MG/RS Racing), 29
14º) Serafim Júnior (RJ/W2 Racing), 28
15º) Pedro Boesel (PR/Petrópolis Motorsport), 26
16º) Júlio Campos (PR/AMD Motorsport), 25
17º) Cadu Pasetti (SP/Gramacho Racing), 23
18º) Denis Navarro (SP/RC3-Bassani), 22
19º) Thiago Riberi (SP/W2 Racing), 20
19º) Marcelo Tomasoni (SP/Carlos Alves Competições), 20
21º) Rodrigo Navarro (SP/M4T Motorsport), 16
22º) Leandro Romera (SP/RS Racing), 13
23º) Marco Cozzi (SP/Racequip Motorsport), 11
24º) Marcelo Cesquim (SP/Mottin Racing), 6
24º) Gustavo Martins (SP/Motortech Competições), 6
26º) Hybernon Cysne (CE/Motortech Competições), 5
26º) João Paulo Mauro (SP/Nascar Motorsport), 5
26º) Anderson Faria (RJ/AMG Motorsport), 5
29º) Carlos Kray (RS/CKR Racing), 4
29º) Julyano Silveira (RN/W2 Racing), 4
29º) Thiago Penido (SP/M4T Motorsport), 4
32º) Henrique Assunção (SP/CKR Racing), 3
33º) Felipe Lapenna (SP/W2 Racing), 2

Texto: Luciano Monteiro