Após grave acidente no Mini Challenge, Eduardo Furlanetto volta a competir em Brasília

19 de novembro de 2010

A penúltima etapa da Stock Car, que será disputada neste final de semana em Brasília, será marcada em suas categorias preliminares pela volta às pistas do piloto Eduardo Furlanetto, que sofreu grave acidente na etapa passada do Mini Challenge, disputada em Santa Cruz do Sul (RS).

O paulista de Santo André teve problemas no freio na aproximação de uma curva a mais de 130 km/h, e o forte impacto do carro – que chegou a capotar – provocou uma lesão na vértebra L1 do piloto. Furlanetto (Radnaq-Steintemp- TNT Energy Drink) foi levado ao centro médico no próprio autódromo e, embora não tenha tido grave conseqüências, teve que se ausentar da prova gaúcha.

Agora, pouco menos de um mês depois do acidente, o piloto volta a competir nas duas categorias preliminares da Stock Car, fazendo a rodada dupla do Mini Challenge (com corrida no sábado e no domingo) e a penúltima etapa da Copa Montana, que será neste domingo, às 13h, com transmissão ao vivo pela Rede TV, Speed Channel e Race TV.

“Foi um susto muito grande. Na hora da pancada, achei que teria alguma lesão mais séria na coluna vertebral. Por sorte nada de mais grave ocorreu, mas foi duro ficar de fora da corrida de Santa Cruz do Sul e também na etapa da semana seguinte do Itaipava GT Brasil”, diz Furlanetto, citando a competição na qual compete em dupla com o piracicabano João Marcelo, com um Maserati.

Com a rápida recuperação, o paulista pôde competir na semana passada nos “500 Quilômetros de Interlagos”. E o retorno não poderia ser melhor: vitória na categoria dos protótipos, com um Spyder-Volkswagen, excelente resultado para um piloto recém-recuperado de um acidente e que, apesar dos 30 anos, faz nesta temporada apenas seu segundo ano no automobilismo.

“Foi muito bacana este retorno para ver que estou me recuperando rapidamente. Sei que será difícil ter a mesma confiança que tinha antes do acidente logo neste primeiro dia de treinos, mas vou buscar repetir meu melhor resultado no Mini Challenge e marcar meus primeiros pontos na Montana”, diz Furlanetto, que foi 4º colocado com seu Mini Cooper em Londrina e estreou na categoria das picapes com um 16º lugar, quase marcando ponto logo em sua estreia.

Os Mini Coopers e as Montanas entram na pista a partir de sexta-feira em Brasília, para a disputa de treinos livres e classificatórios. A primeira bateria do final de semana será no sábado, às 10h50, e a outra no domingo, a partir das 9h50, com transmissão ao vivo pela Race TV e Speed Channel. A penúltima etapa da Copa Montana será no domingo, às 13h, com transmissão ao vivo pela Rede TV, Race TV e Speed Channel.