Interlagos será palco da penúltima corrida da FIA GT1

22 de novembro de 2010

A Fórmula 1 acaba de coroar seu novo campeão e já é chegada a hora do FIA GT1  atravessar o Atlântico para encerrar  a disputa do campeonato mundial 2010. Desde que a “batalha” começou, em Abu Dhabi no mês de abril, os times da Nissan trabalham incessantemente para alcançar os melhores resultados.

O time Sumo Power GT está em alta no campeonato. Atualmente em terceiro lugar, a equipe sairá em busca da segunda colocação, ocupada pelo Reiter Lamborghini, mas não vai tirar os olhos das duas equipes Aston Martin que competem logo atrás na quarta e quinta posição.

O piloto do Nissan GT-R que melhor conhece Interlagos é Karl Wendlinger. O ex-piloto de F1 já competiu diversas vezes na famosa pista brasileira e está ansioso para retornar.

Já Peter Dumbreck fará sua estreia em Interlagos. Como um bom jogador de videogame, entretanto, Dumbreck já percorreu muitas voltas virtuais pela pista e, como ele mesmo diz, já conhece muito bem o caminho por onde deve seguir.

“Interlagos nos convém, pela sua rapidez, curvas que fluem e grandes subidas em linha reta”, explicou. “Existem algumas curvas mais lentas que não serão boas para os Nissan GT-Rs, mas penso que estaremos em situação muito mais competitiva daquela que estivemos em Navarra. O que realmente importa para nós é estarmos todos juntos para a qualificação. Temos que alcançar uma boa classificação para evitar a zona de perigo no início da corrida. Nós fizemos isso na etapa de Portimao e finalizamos o final de semana sem nenhum arranhão no carro. Se conseguirmos isso em Interlagos então poderemos ter bons resultados. Ficamos fora em Navarra então estamos bem em termos de pneus também”.

Warren Hughes e Jamie Campbell-Walter também já correram em Interlagos e por isso começarão a prova deste final de semana com uma pequena vantagem sobre seus colegas de time.

“Este é um excelente circuito para ser percorrido e esperamos que os carros de F1 tenham deixado um pouco de borracha na pista para nós!”, disse Hughes. “Estou relutante em fazer qualquer previsão depois de Navarra já que já imaginava que aquela pista não nos serviria, mas devemos ser fortes nas seções de subidas e em algumas áreas de freio, que serão boas para nós. Jamie e eu corremos lá em 2007 na Le Mans Series então nós sabemos aonde o caminho vai nos levar”.

Seiji Ara é outro piloto que vai correr no circuito de Interlagos pela primeira vez, mas se mostra mais do que preparado para enfrentar os desafios que a pista reserva. “Parece uma pista de corrida de alta velocidade que, creio, irá atender o Nissan GT-R também. Nossas táticas são simples: vamos dar muito duro na fase de qualificação para obter uma melhor posição durante a partida por meio da otimização do desempenho do Nissan GT-R, e depois correr de forma consistente para alcançar pontos no campeonato”.

O final de semana no Brasil retorna ao formato regular do GT1, no qual a corrida de qualificação acontece no sábado, a partir das 14h30, e a corrida pelo campeonato no domingo, às 15h.