Jimenez faz grande corrida e ganha 17 posições

22 de novembro de 2010

A etapa de Brasília, realizada no Autódromo Internacional Nelson Piquet, é sempre cheia de provações para Sérgio Jimenez (GFS Software). Pelo segundo ano consecutivo, o piloto teve que mostrar que é um grande recuperador de posições. Na corrida deste domingo (21), válida pela oitava e penúltima etapa da Copa Montana, o piloto largou da última fila, ganhou 17 posições e terminou a corrida em 11ª. Em 2009, quando competia na antiga Stock Light, o piloto foi o quinto colocado, após largar da 15ª posição.

Até a primeira entrada do Safety Car na pista, Jimenez já estava em 20º. “Consegui ganhar posições nas relargadas, já que o carro de segurança precisou entrar na pista muitas vezes. Na última entrada, fui ultrapassado por um adversário antes da bandeira verde. Apesar de precisar ceder a posição, ele me segurou por mais de quatro voltas e isso acabou me distanciando muito do pelotão da frente e não foi possível brigar para terminar melhor”, disse Jimenez, que compete na equipe Scuderia 111.

O piloto, que havia marcado o quarto melhor tempo no treino classificatório deste sábado (20), foi penalizado por resfriar os pneus com água na tentativa de aumentar a vida útil do jogo de pneus novos. A prática é permitida nas outras etapas que compõem o calendário da Copa Montana, mas não integra o regulamento específico da prova de Brasília. “Infelizmente não nos atentamos a esse detalhe e fomos desclassificados. O asfalto deste autódromo é muito abrasivo e utilizamos esse artifício para tentar ganhar uma terceira volta rápida. No fim das contas, essa prática não nos ajudou, a minha melhor volta não foi obtida após esse procedimento, mas mesmo assim tivemos que largar da última fila”, afirmou.

Jimenez ficou chateado com a punição, especialmente por ter dificultado e muito suas chances de brigar pelo título da temporada, mas não se abalou. “Meu pensamento era brigar pela recuperação e tentar chegar o mais na frente possível. O carro estava muito rápido e constante. Assim como eu podia ter feito a pole position ontem, tenho certeza que largando em quarto, poderia brigar pela vitória e continuar vivo na luta pelo campeonato”, lamentou.

A etapa de encerramento da Copa Montana acontece no dia 5 de dezembro, em Curitiba (PR).