Automobilismo cearense perde Daniel Maia

29 de novembro de 2010

Neste domingo (28) não há nada para ser comemorado no automobilismo cearense. Durante a última etapa da Fórmula V 1.8, disputada no autódromo Virgílio Távora, na cidade do Eusébio (CE), um acidente na segunda volta da corrida tirou a vida do piloto Daniel Maia.  Rápido nas pistas, Daniel era um piloto correto e querido por todos no mundo motor cearense.

A fatalidade se deu quando Daniel  saiu da Curva Dirce e não conseguiu controlar seu carro na entrada da reta principal. Sem controle e saído de traseira, chocou-se contra a mureta de entrada dos boxes. Atendido pela unidade médica no local e pelo Corpo de Bombeiros, foi levado para o Hospital Frotinha de Messejana, a unidade médica mais próxima. O falecimento de Daniel foi anunciado uma hora após o ocorrido.

Os organizadores das categorias Marcas, CTM, Fórmula V 1.8 e Superturismo decidiram por encerrar as atividades e cancelar as outras corridas do dia.

Nota da Edição: “No automobilismo o risco é algo que acompanha as categorias em quaisquer circuitos do mundo. A perda de Daniel Maia na pista cearense, a terceira após 30 anos sem acidente fatal ( o último acidente foi no ano de 1979 com o pernambucano Tomaz Comber), choca os que acompanham esse esporte. Aos 38 anos de idade, Daniel mostrou nas pistas todo seu talento, toda dedicação para ser apontado como um dos melhores pilotos em sua categoria. Fica a saudade e o exemplo de quem fazia o que gostava. Fique Com Deus.”

Robério Lessa – Editor

Foto: Robério Lessa.