Copa Montana: Lucas Finger quer brigar pela vitória em Curitiba

30 de novembro de 2010

A Copa Chevrolet Montana 2010, divisão de acesso da Stock Car vai ter o encerramento de sua temporada com a disputa da nona etapa neste domingo (05/12), no Autódromo Internacional de Curitiba, no Paraná. O mais incrível é que nenhum piloto repetiu vitória, foram oito vencedores diferentes até agora, o que está proporcionando um campeonato extremamente equilibrado.

“Nesta última corrida não tem mais o que fazer além de ir pra cima. Quero brigar pela vitória, subir no pódio. Agora não dá pra poupar”, avisa o paranaense radicado em Taubaté (SP ) Lucas Finger (Santa Carolina/Technos Relógios/Massa Tung), sétimo colocado no certame das picapes. A liderança é do paranaense Diogo Pachenki, com 107 pontos.

Antes previsto para usar o traçado externo do autódromo localizado em Pinhais, na Grande Curitiba, os organizadores acabaram mudando a corrida para o traçado misto de 3695 metros , o que agradou as equipes e pilotos. “Foi uma decisão bastante acertada. Nunca fui muito a favor das corridas em anéis externos, pois sou da opinião que o nivelamento acaba sendo feito “por baixo”. São somente duas curvas, em contrapartida, com a corrida no circuito misto, o talento do piloto acaba sendo mais importante”, analisa o multi-campeão Ingo Hoffmann, diretor esportivo da equipe AMG Motorsport (3M/Poliron/Ferramentas Beta).

Finger também divide esta opinião com o seu ídolo e instrutor. “Sou paranaense, gosto de pista rápida como esta. É um traçado mais técnico, que depende muito do piloto e em que eu ando muito bem. O asfalto é de boa qualidade e ficará mais fácil acertar o carro. Mas normalmente nosso carro é rápido em Curitiba”, assinala o ex-campeão da Stock Junior, que tem seus objetivos bem definidos.

“Vamos trabalhar para terminar entre os quatro primeiros no campeonato. Vamos caprichar, agora temos um belo carro e podemos mostrar um bom trabalho para o ano que vem. Pra isso, precisamos subir no pódio novamente, de preferência com uma vitória”, disse o paranaense que vem de um quinto lugar em Brasília.

Foto: André Santos.