F-Truck: Roberval diz que foco está na vitória e não no título

1 de dezembro de 2010

Único piloto com chance matemática de impedir o título de Felipe Giaffone no Campeonato Sul-Americano e Brasileiro de Fórmula Truck, Roberval Andrade é a imagem da tranquilidade às vésperas da décima e última etapa. O piloto paulista da Scania Corinthians Motorsport garante não sentir qualquer tipo de pressão para a corrida de domingo (5) no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília. A temporada que chega ao fim é a 15ª da história da categoria.

Andrade é o único a ter vencido mais de uma etapa em 2010 – ganhou as etapas do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Londrina e de Curitiba. Vice-líder, tem 17 pontos de desvantagem em relação a Giaffone, com 31 ainda em jogo na etapa brasiliense. “Na etapa de Curitiba eu precisava adiar a decisão do título, deu tudo certo. Agora vou me preocupar só com a minha corrida, vou correr para vencer. O título pode acontecer, mas isso não é uma pressão para mim”, ele avalia.

A situação de ora é a mesma vivida por Andrade na etapa final de 2009, também disputada no anel externo do circuito brasiliense. Em 18º no grid, o piloto empreendeu uma de suas mais notáveis corridas de recuperação na categoria. A chance de vitória parecia nula com o pit stop feito durante a corrida para correção de um problema na caixa de direção. De volta à pista, protagonizou outra prova de recuperação e venceu depois de duas ultrapassagens na última volta.

As características do circuito brasiliense, o mais veloz do calendário da F-Truck, sugerem uma das corridas mais interessantes do ano, observa Andrade. “A disputa pelo título envolve o Felipe, favorito, e eu. Mas para a corrida há uma lista enorme de pilotos que devem estar fortes”, destaca, citando Wellington Cirino, Geraldo Piquet, Paulo Salustiano, Beto Monteiro e Leandro Totti. “Claro que isso pode tanto me ajudar quanto me atrapalhar. Vai ser difícil para todos”, diz.

Fonte: Grelak – Foto: Orlei Silva.