Wellignton Cirino concorre ao Capacete de Ouro

1 de dezembro de 2010

Pilotar um Fórmula Truck com seus quatro mil quilos de peso e 1.300 cavalos de potência, é um desafio e tanto para qualquer piloto. Se tornar o maior campeão do principal campeonato de caminhões no mundo, então, requer muito trabalho, conhecimento técnico e habilidade na pilotagem dos ‘pesos-pesados’ do automobilismo.

O paranaense Wellington Cirino completou em 2010 sua 15ª temporada na Fórmula Truck brasileira – e seu 10º ano consecutivo de parceria com a marca alemã Mercedes-Benz. Nesse período conquistou quatro títulos, tornando-se o maior campeão da categoria; 27 pole-positions – fixando-se como o piloto que mais vezes largou na posição de honra; e 20 vitórias. O sucesso nas pistas o levou também a conquistar prêmios importantes fora delas, como o Capacete de Ouro oferecido pela Revista Racing. Cirino recebeu o prêmio em seis temporadas – conquistando um capacete de Ouro, dois de Prata e três de Bronze.

Pelo sétimo ano, Cirino está entre os três finalistas da premiação, que reconhece o trabalho dos pilotos brasileiros nas principais competições ao redor do mundo. Ele disputa o Capacete de Ouro em uma temporada marcada por bons resultados a bordo dos caminhões Mercedes-Benz. Nas nove etapas disputadas até aqui, Cirino subiu ao pódio em sete delas. Só não esteve entre os cinco melhores nas etapas de Londrina – quando foi atingido em um incidente na largada; e na prova de Buenos Aires, depois de um abandono na penúltima volta quando estava em segundo lugar formando a dobradinha da Mercedes-Benz com Geraldo Piquet.

No restante da temporada, conquistou uma vitória (Campo Grande/MS); dois terceiros lugares, três quartos lugares e um quinto. Somou 123 pontos e chega na última etapa do ano – dia 05 de dezembro em Brasília (DF) – disputando o vice-campeonato. “Tivemos apenas dois problemas durante toda a temporada, sendo que um deles foi um toque na largada em Londrina. Isso comprova o bom trabalho da equipe e o potencial dos caminhões Mercedes-Benz, que estiveram no pódio nas outras sete corridas do ano”, comentou Cirino. “Quero agora fechar a temporada em grande estilo, vencendo a última corrida em Brasília e conquistando o Capacete de Ouro na semana seguinte”, completou. Wellington Cirino disputa o prêmio da categoria Fórmula Truck junto com os pilotos Felipe Giaffone e Valmir Benavides.

Foto: Orlei Silva