Meta de Luciano Burti e David Muffato é alcançar o melhor resultado do ano neste domingo

3 de dezembro de 2010

A prova que decide o campeonato da Stock Car será disputada neste domingo, às 11h00, em Curitiba (PR). Quatro pilotos chegam à última etapa ainda com chances de título: Max Wilson, Cacá Bueno, Allam Khodair e Ricardo Maurício. Mas a prova pode ser considerada decisiva para muito mais gente. Quem não tem mais chances de ser campeão encara a prova de encerramento da temporada como a melhor oportunidade de terminar bem o ano.

“É mais ou menos o que temos feito nas últimas etapas, tendo um carro bom a ideia é ir para cima. Pelo nosso desempenho recente, pensar em pódio é sem dúvida uma realidade”, comenta Luciano Burti, piloto da Itaipava Racing Team. O que reforça as expectativas dele é o fato da equipe contar com uma boa receita para o acerto do carro na pista paranaense. Na última passagem da categoria por lá, em abril, ele largou em sexto lugar.

“É sempre bom ir para uma pista onde a equipe anda bem. Brasília também era um circuito onde tínhamos uma boa base para começar a trabalhar e conseguimos imprimir um ritmo bom desde o início. O fato de ter uma direção interessante para o acerto do carro me deixa bastante confiante”, acrescenta Luciano Burti, que afirma gostar bastante do traçado do autódromo de Curitiba. A pista tem 3.695 metros de extensão.

David Muffato também tem o pódio como meta principal neste fim de semana. Tanto ele quanto Luciano Burti reúnem boas chances de terminar na melhor posição possível do campeonato para quem não está no playoff: o 11º lugar. “O detalhe da 11ª posição é mais folclórico, na verdade. O que queremos é terminar o ano com um bom resultado e acredito que temos condições de chegar ao pódio”, analisa David Muffato.

Ele vem de um sexto lugar na etapa mais recente, em Brasília. “O carro tem se comportado muito bem nas últimas etapas e a equipe parece ter um bom acerto para Curitiba”, revela o piloto da Itaipava Racing Team. De fato, além de ter colocado Luciano Burti nas primeiras posições do grid de largada, a equipe contou com um bom resultado do time parceiro, a Blau, que integra a mesma estrutura e venceu aquela prova do início do ano com Allam Khodair.

Foto: Fábio Oliveira.