Luiz e Cris Facco fecham 2010 como Campeões Paulistas de Rally de Velocidade na A6

6 de dezembro de 2010

O piloto Luiz Facco confirmou o título do Campeonato Paulista de Rally de Velocidade, na categoria A6, neste domingo (5) em Ibaté, na região de São Carlos. A navegadora Cris Facco já havia garantido o título com uma etapa de antecedência. Com o feito, a equipe conquista nesta sexta e última etapa o bicampeonato consecutivo na categoria.

Nem a quebra do semi-eixo no início da primeira das cinco Especiais (trechos cronometrados) tirou o título das mãos da dupla, que começou a etapa de Ibaté com 12 pontos de vantagem em relação ao segundo colocado na categoria A6. A dupla largou em primeiro e vinha forte, Facco chegou a dar 175 km/h na reta em piso de terra batida em meio aos canaviais, mas durante um salto, a peça se rompeu e não permitiu que continuasse na disputa.

Certamente se Facco e Cris tivessem completado todo o percurso, a adrenalina e a emoção do título seriam diferentes, mas a satisfação de estar no lugar mais alto do pódio fecha com chave de ouro a temporada, neste primeiro ano que correm juntos.

“Foi um ótimo resultado, considerando que é a primeira temporada que andamos como dupla. Vencemos quatro das seis etapas e tivemos um belo campeonato que teve um grid espetacular, onde todos além de concorrentes são muito companheiros. Estou muito feliz com mais este título na A6”, diz o bicampeão Facco, que completa a quarta temporada no campeonato a bordo de um Peugeot 206.

Já Cris, teve um sabor diferente nesta conquista. “Superar as dificuldades no ano de estreia na navegação e equilibrar a experiência do Facco com todo o apoio que ele me deu foi primordial para este título. Além do fator motivador, considero um ótimo primeiro passo para um longo caminho que ainda tenho de percorrer”, declara a navegadora.

Em 2010 o Campeonato contou com seis etapas (Bragança Paulista, Pedra Bela, São Luiz do Paraitinga, Águas de Lindóia, Itapetininga e Ibaté) e estavam em disputa as categoria A6 (carros com motores 1.6, com preparação livre e tração 4×2), N2 (carros com motores 1.6, com preparação limitada e tração 4×2) que teve como Campeã a dupla Vander Ide e Seide Okuda.

Fotos:  Junior Almeida/Aceleração