Muffato aposta em novo caminhão para 2011

17 de dezembro de 2010

Em 2010 Pedro Muffato marcou  pontos em oito das 10 etapas e terminou o Campeonato Sul-Americano e Brasileiro de Fórmula Truck em nono lugar na classificação geral. Para o piloto paranaense da equipe Muffatão, um resultado final que premiou uma temporada marcada por contratempos técnicas – afinal, foi o sétimo ano de uso de seu caminhão Scania, que em 2011 será substituído por um novo, de construção recém concluída.

Apesar do resultado positivo, Muffato admite que suas metas eram um pouco mais ambiciosas. “Foi um ano apenas médio. Eu tive muitos problemas de quebras, perdi muitos treinos, isso prejudicou muito o aproveitamento das corridas, onde o caminhão normalmente é rápido”, ponderou. “E mesmo assim consegui três pódios”, frisou, citando os quintos lugares que obteve nas etapas de Campo Grande, Buenos Aires e Velopark.

As dificuldades que teve com o Scania com que competiu na F-Truck desde 2004 foram determinantes à decisão de construir o novo caminhão. “Eu até podia ter estreado esse caminhão uma ou duas corridas antes do fim do campeonato, mas preferimos ir com calma e estrear na primeira etapa do ano que vem”, falou o piloto, sobre a corrida de 27 de fevereiro em Santa Cruz do Sul. “Acho que vamos vir numa condição bem melhor”.

Muffato teve os três quintos lugares como melhores resultados do ano. Numa das duas corridas que abandonou, no Rio de Janeiro, estava em sexto depois de largar em último quando teve problemas no câmbio. Colheu também um sétimo, um oitavo e um nono lugar, além de terminar duas corridas como 12º. Ele contou, em 2010, com apoio de Stara, Café Pilão, Agromen, Scania, ZF, BorgWarner, Coopavel e FAG.

Texto: Luciano Monteiro – (45) 9912-7040 – Fotos: Orlei Silva