Bia Figueiredo: "Vencer no Desafio das Estrelas foi maravilhoso"

20 de dezembro de 2010

Com a vitória na segunda bateria do Desafio das Estrelas, no último domingo, 19, em Florianópolis, Ana Beatriz Figueiredo (Ipiranga / Lubrizol) encerra 2010, seu ano de estreia na Fórmula Indy, em grande estilo. “Foi muito gratificante, estou muito feliz”, diz Bia Figueiredo, como é conhecida no Brasil.

Única mulher em um grid de 27 karts, ela largou da 11ª posição em que concluiu a primeira bateria, na noite anterior, e perto do fim da prova ultrapassou Rubens Barrichello para assumir a primeira posição e vencer, além de fazer a melhor volta da corrida, com o tempo de 55s408.

“Estivemos bem desde o começo. No primeiro treino, a pista estava suja. No segundo dia, andamos forte, mas um errinho no acerto do kart para a classificação nos deixou fora do top qualifying. Na primeira bateria, me meti em encrencas na largada, caí da 16ª para a 22ª posição, mas fui me recuperando, virando no mesmo tempo dos líderes”, conta a pilota brasileira.

Na segunda corrida, com outro motor sorteado, Bia foi bem já no warm-up, que não completou por um problema mecânico. “Estivemos confiantes o tempo todo e fui para a corrida esperando terminar no pódio. Comecei ganhando três posições na largada, meu kart estava ótimo, e no fim, por causa do acerto que escolhemos, foi ficando ainda melhor”, ela completa.

Participaram da quinta edição do evento Felipe Massa, Rubens Barrichello, Bruno Senna, Lucas di Grassi e Jaime Alguersuari, da Fórmula 1; Tony Kanaan, Hélio Castroneves e Vítor Meira, da Indy;  Alberto Valério, da GP2; João Paulo Oliveira, da Super GT Japão; Leonardo Nienkötter, do Trofeo Línea; Christian Fittipaldi, Cacá Bueno, Popó Bueno, Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Xandinho Negrão, Marcos Gomes, Max Wilson, Luciano Burti, Ricardo Zonta, Allam Khodair e Antonio Pizzonia, da Stock Car; e Felipe Giaffone, da Fórmula Truck.

Convidada pela segunda vez para o Desafio das Estrelas, após o fim da temporada da Indy, Bia trabalhou duramente na organização de uma estrutura de marketing que a levou a ter sua própria equipe, a Ipiranga Racing, nas 500 Milhas de Kart da Granja Viana (outra corrida festiva do calendário de fim de ano do automobilismo brasileiro), e a disputar o Desafio das Estrelas com o patrocínio da Ipiranga e da Lubrizol.

“Agradeço muito a confiança dos meus patrocinadores no meu trabalho”, diz Bia. Agora, ela continua concentrada na preparação para a temporada 2011 da Fórmula Indy, ao lado dos gestores de sua carreira, André Ribeiro e Augusto Cesário, ainda mais estimulada pela vitória conquistada em Florianópolis.

“O importante do Desafio das Estrelas é que todos são pilotos muito bons. No grid tinha campeões da Fórmula Indy, vencedores da Fórmula 1, campeões da Stock Car e da Fórmula Truck, todos kartistas ótimos. Ganhar uma prova dessa em cima de tantos pilotos fantásticos e campeões é maravilhoso!”, conclui Ana Beatriz Figueiredo, que terminou empatada em pontos com Lucas Di Grassi, Rubens Barrichello e Felipe Massa na classificação geral do Desafio das Estrelas, ocupando a quarta posição, dados os critérios de desempate.

Fotos:  Miguel Costa Jr. – Carsten Horst/Divulgação.