Dakar Amarok Logbuch 12

5 de janeiro de 2011

Por:  Carlos Lua, direto San Salvador de Jujuy.

Volkswagen de novo, Nasser desta vez – O caminho para Jujuy começou em um trecho muito rápido e depois alternou subidas, descidas e os primeiros sinais de uma areia muito fofa. A navegação foi difícil, com muitos WPE (Way Points Escondidos), daqueles que se revelam apenas a 800 metros de distância e quem larga na frente não tem rastro nenhum para seguir, o que pode se traduzir em atrasos. Assim é que a vitória de hoje ficou de novo com um VW Race Touareg 3, o de 302 da dupla Al-Attyiah/Timo Gotschalk, seguido a apenas 25seg por Sainz/Cruz no Race Touareg 300, que continua líder na geral agora com 3min34seg de vantagem sobre Nasser/Timo, que com a vitória desta 3ª feira passaram para 2º lugar na geral.

Logo no início…
“Nos primeiros 60km tivemos que lidar com a liderança e fomos prudentes para não errar. É lógico que assim se perde tempo. Mas, nos últimos 12km descontamos bem, quase um minuto, o planejamento deste Dakar 2011 é muito complexo, vamos em frente”, disse Carlos Sainz logo depois de ter uma reunião com o seu mecânico chefe e de pedir para acertar alguns detalhes para a prova de amanhã, quando a areia promete.

Recuperação de Sainz no final, DeVilliers em 4º e Miller em 6º
Além da dobradinha na ponta dessa especial, o número 3 da Equipe Volkswagen ainda comemorou o 4º lugar de De Villiers/Von Zitzewitz no #308 (que é 4º também na geral) e o 6º lugar de Miller/Pitchfork no #304 (que agora subiram para 22º na geral). As atuações de Nasser e Sainz ficam valorizadas pela disputa entre os dois, que vai atingindo ponto de duelo e que promete durar até a volta em Buenos Aires.

O dia do Brasil positivo
Entre as motos Zé Hélio (BMW 12) ficou em 6º, e vai agora em 5º na geral. Jean Azevedo (KTM 33) ficou em 16º no dia e vai em 14º na geral. Nos carros, mais uma boa atuação da dupla Spinelli/Haddad que fez 10ºnesta terça e vai em 8º na geral, e mais uma ótima surpresa da dupla Koerich/Cavassin, que fez 28º hoje e está em 21º na geral. Nos caminhões André Azevedo chegou em 11º e é 8º na geral.

Amarok nas montanhas
Hoje o deslocamento foi fácil e rápido pelo planalto argentino do norte, viajando entre 600 e 900 metros de altitude. A chegada a Jujuy foi ainda mais concorrida do que a chegada a Tucumán no dia anterior, agora até os tripulantes das Amarok são assediados pelo público para distribuir autógrafos. Já passamos longe dos 15 minutos de fama tão falados, já vamos para mais de meia hora. Pela frente, amanhã estão os Andes e a promessa de subir até 4.800metros! Nessa terça-feira à noite começam os preparativos para esse “salto” até o Chille, passando perto dos ninhos dos condores. Quem sabe temos sorte de ver e até fotografar um deles.

Acompanhe o víde de mais uma etapa: Clique Aqui.

Fonte: Textobras – Zarhi El Malek.  Fotos: Divulgação.

A coluna é redigida por Carlos Cintra Mauro, o Lua. Um dos mais respeitados jornalistas da área automotiva e eutomobilística,  iniciou  sua carreira na mídia pela publicidade. Engenheiro mecânico e apaixonado por automóveis, teve passagem pelo rádio (Jovem Pan), pela  Sport Tv onde editou o programa Linha de Chegada e hoje integra a equipe da Race TV (www.racetv.com.br).