Ford apresenta novo carro conceito

12 de janeiro de 2011

A Ford apresentou no Salão Internacional de Detroit 2011 a sua proposta de utilitário esportivo compacto para o futuro: o conceito Vertrek. Com linhas esportivas, alegres e elegantes, o veículo antecipa o desejo da marca de criar uma nova geração global de utilitários esportivos compactos, capaz de liderar a indústria em design e economia de combustível.

O conceito Vertrek é baseado na nova plataforma global do segmento C da Ford, que inclui a nova linha Focus lançada no início de 2011 na América do Norte e na Europa, além dos recentes veículos multiuso C-MAX e Grand C-MAX. Ele representa a visão da marca do que um futuro utilitário esportivo deve oferecer em termos de design e inovação de engenharia para atrair e satisfazer os clientes ao redor do mundo.

“O conceito Vertrek é uma solução sem concessões que, na nossa percepção, os clientes de utilitários esportivos vão aprovar em todo o mundo”, disse Derrick Kuzak, vice-presidente de Desenvolvimento de Produto Global da Ford. “Ele é uma revolução em relação ao que normalmente se vê nesse segmento na América do Norte e uma evolução de estilo comparado com produtos de outras regiões do mundo. Seu novo design é mais suave e eficiente na economia de combustível e proporciona a capacidade que os clientes de todo o mundo desejam, tanto para os passageiros como para a bagagem.”

O conceito Vertrek combina o melhor do design Kinetic da Ford europeia com o estilo, qualidade de direção, excelente espaço para carga, capacidade de tração para reboque e off-road apreciados na América do Norte, criando um veículo que atenderá as necessidades da próxima geração de consumidores de utilitários compactos ao redor do mundo.

A aparência elegante do conceito da Ford incorpora uma aerodinâmica aperfeiçoada, que contribui para as metas de economia de combustível e redução de emissões de CO2, complementando as soluções de alta tecnologia previstas na motorização.

Dados preliminares da Ford mostram que um veículo de produção baseado no conceito Vertrek seria pelo menos 5% mais eficiente na aerodinâmica comparado aos utilitários esportivos atuais da marca na América do Norte e na Europa, como o Escape e o Kuga.

Pelo menos dez novos modelos serão construídos sobre a nova plataforma global do segmento C que substituirá as três plataformas produzidas regionalmente. Em 2012, a nova plataforma será responsável pela venda de mais de 2 milhões de unidades, proporcionando à Ford uma economia de escala sem precedentes e uma oportunidade de oferecer aos clientes de todo o mundo uma série de novas tecnologias e características de produto geralmente só encontradas nos veículos premium.

O segmento de utilitários esportivos compactos é um dos maiores da América do Norte. Está entre os cinco primeiros em volume e também é um dos mais competitivos e de crescimento mais rápido – mais do que dobrou a sua fatia de mercado em comparação com 2000. Ele também figura entre os quatro segmentos de maior compra cruzada, ou seja, que atrai consumidores de outras categorias. A Ford foi a pioneira nessa classe de veículo, com o popular Escape.

O conceito Ford Vertrek mostra como uma futura geração de utilitários esportivos compactos, com consumo mais eficiente de combustível, pode se tornar realidade, ampliando a aplicação das avançadas famílias de motores EcoBoostT e turbodiesel common-rail de injeção direta (TDCi), junto com a introdução da tecnologia Ford Auto-Start-Stop.

O conceito Vertrek é equipado com o motor Ford EcoBoost de 1.6 litros e quatro cilindros, de alta eficiência, que dá ao veículo a potência de um motor maior, com economia de combustível significativamente melhor e redução na emissão de CO2.

A transmissão de seis marchas é outra novidade que contribui para a economia de combustível, junto com o motor. Até 2013, todos os veículos Ford na América do Norte terão câmbio de seis marchas, como parte do compromisso da marca ser líder em economia de combustível em todos os segmentos de veículos.

Outro item importante para a economia de combustível é o sistema Auto-Start-Stop da Ford. O sistema desliga automaticamente o motor quando o veículo está em marcha lenta – ao parar no semáforo, por exemplo – e religa rapidamente o motor quando o motorista quer sair.

O sistema Auto-Start-Stop pode reduzir o consumo de combustível e as emissões de CO2 em até 5% em condições de rodagem combinada. Na cidade e no tráfego pesado, com paradas frequentes, a economia de combustível pode aumentar para cerca de 10%.

O veículo traz também uma tecnologia avançada de bateria para garantir que o sistema elétrico funcione em sintonia com os frequentes ciclos de carga e descarga, comuns na operação Start-Stop. Outros avanços garantem que a bateria seja mantida carregada da forma mais eficiente.

Um sistema inteligente de carga regenerativa aumenta a potência gerada pelo alternador quando o veículo freia ou desacelera. Desse modo, converte a energia cinética do veículo em energia elétrica, sem a utilização adicional de combustível.

Fonte e fotos : Ford.