Rally de Monte Carlo completa 100 anos

19 de janeiro de 2011

Foi a 21 de janeiro de 1911 que aconteceu a primeira edição do Rally de Monte Carlo, um evento onde 33 carros, de 11 países da Europa, chegaram ao Principado de Mônaco, para uma competição automobilística na qual os fabricantes pudessem mostrar ao mercado a excelência dos seus produtos.

A prova era comandada pelo bisavô do Príncipe Alberto, e após a edição de 1911, teve várias interrupções. Só após 1948 passou a realizar-se de forma regular, mesmo assim com alguns hiatos. Para que se perceba a importância desta prova, antes da vitória de Paddy Hopkirk com o Mini Cooper S, em 1964, o carro quase não era conhecido mas, o êxito na prova, consagrou o nome da marca em diversos mercados internacionais.

O Rally foi crescendo de importância, paralelamente às suas dificuldades com a neve e gelo como principais obstáculos, na travessia de diversos trechos dos Alpes, com inúmeros ‘cotovelos’ que sempre exigiam o máximo dos freios. Enfim, um rally onde nenhum piloto ficava indiferente.

Atualmente, não faz mais parte do calendário do WRC mas continua sendo disputado por diversas outras categorias do rally mundial e vale pelo “Intercontinetal Rally Chalange, IRC – campeonato de nível internacional, logo abaixo da categoria principal, também organizado pela FIA. Tal como o GP de Mônaco de Fórmula 1, o rally de Monte Carlos esbanja glamour, tradição e lendas.