Pipo Derani fica na terceira posição na corrida da tarde

22 de janeiro de 2011

Pipo Derani teve um sábado de emoções mistas na segunda e terceira provas do F3 Brazil Open, que é disputado no Autódromo de Interlagos neste final de semana. Mostrando um ótimo desempenho a bordo do Dallara-Berta da Hitech Racing, o piloto de apenas 17 anos ganhou três posições na largada da disputa matutina, terminando a prova na terceira posição – a vitória ficou com Lucas Foresti. Na segunda corrida do dia, Pipo era o segundo colocado quando sofreu um toque de Yann Cunha a seis voltas do final, forçando-o a abandonar.

“Eu ainda estou me acostumando aos pneus Pirelli, que são bem diferentes dos Avon-Cooper que usamos na Inglaterra. Então, minhas chances estavam principalmente na largada. Eu sabia que se saísse bem, eu poderia ter um bom resultado”, afirmou Derani, que pela manhã pulou da sexta para a terceira posição no S do Senna. Na corrida de sexta-feira (21) também terminou na terceira colocação, após ter largado em sexto.

O resultado garantiu a Pipo que largasse em terceiro na penúltima corrida do Open, na tarde deste sábado (22). O paulistano, que vai defender a Double-R na Fórmula 3 Britânica nesta temporada, manteve o posto na saída até praticamente a entrada do Safety Car, causada pela rodada do carro de João Jardim. Neste momento, Victor Guerin tentava ganhar a posição de Derani e ambos estavam lado a lado na reta – com ligeira vantagem para o carro da Cesário Fórmula.

Mais uma vez, Pipo concentrou-se em realizar uma boa relargada. E pegou dois adversários de surpresa. “A tática era essa. Consegui passar o Guerin por fora na primeira perna do S do Senna e passei também o Fabiano (Machado), e fiz a segunda perna na frente deles. Em uma corrida em que é difícil ultrapassar, eu tenho que concentrar meus esforços em chances como estas”, descreveu Derani, que assumiu a segunda colocação atrás de Lucas Foresti, da Cesário.

Entretanto, faltando sete minutos para o fim da corrida (que tem 30 de duração), Pipo levou um toque do carro de Yann Cunha, da Bassan Motorsport, na entrada da Curva do Laranjinha, arruinando suas chances de lutar pelo título do F3 Brazil Open. “Eu vinha defendendo minha posição, com o carro por dentro. O Yann viu um espaço que não existia, bateu no meu carro e acabou com a minha corrida e com a dele também”, lamentou.

“Agora é tentar fazer o melhor possível amanhã, mostrar um bom desempenho e ir para cima”, encerrou. Lucas Foresti venceu a corrida, seguido por Fabiano Machado e Victor Guerin. A corrida final do F3 Brazil Open acontece neste domingo (23) às 10h30.

Pipo mostra serviço, mas sofre toque de adversárioCom boas largadas e relargada, Derani foi o terceiro na corrida da manhã e era o segundo à tarde, quando foi tirado da corrida por outro pilotoPipo Derani teve um sábado de emoções mistas na segunda e terceira provas do F3 Brazil Open, que é disputado no Autódromo de Interlagos neste final de semana. Mostrando um ótimo desempenho a bordo do Dallara-Berta da Hitech Racing, o piloto de apenas 17 anos ganhou três posições na largada da disputa matutina, terminando a prova na terceira posição – a vitória ficou com Lucas Foresti. Na segunda corrida do dia, Pipo era o segundo colocado quando sofreu um toque de Yann Cunha a seis voltas do final, forçando-o a abandonar.

“Eu ainda estou me acostumando aos pneus Pirelli, que são bem diferentes dos Avon-Cooper que usamos na Inglaterra. Então, minhas chances estavam principalmente na largada. Eu sabia que se saísse bem, eu poderia ter um bom resultado”, afirmou Derani, que pela manhã pulou da sexta para a terceira posição no S do Senna. Na corrida de sexta-feira (21) também terminou na terceira colocação, após ter largado em sexto.

O resultado garantiu a Pipo que largasse em terceiro na penúltima corrida do Open, na tarde deste sábado (22). O paulistano, que vai defender a Double-R na Fórmula 3 Britânica nesta temporada, manteve o posto na saída até praticamente a entrada do Safety Car, causada pela rodada do carro de João Jardim. Neste momento, Victor Guerin tentava ganhar a posição de Derani e ambos estavam lado a lado na reta – com ligeira vantagem para o carro da Cesário Fórmula.

Mais uma vez, Pipo concentrou-se em realizar uma boa relargada. E pegou dois adversários de surpresa. “A tática era essa. Consegui passar o Guerin por fora na primeira perna do S do Senna e passei também o Fabiano (Machado), e fiz a segunda perna na frente deles. Em uma corrida em que é difícil ultrapassar, eu tenho que concentrar meus esforços em chances como estas”, descreveu Derani, que assumiu a segunda colocação atrás de Lucas Foresti, da Cesário.
Entretanto, faltando sete minutos para o fim da corrida (que tem 30 de duração), Pipo levou um toque do carro de Yann Cunha, da Bassan Motorsport, na entrada da Curva do Laranjinha, arruinando suas chances de lutar pelo título do F3 Brazil Open. “Eu vinha defendendo minha posição, com o carro por dentro. O Yann viu um espaço que não existia, bateu no meu carro e acabou com a minha corrida e com a dele também”, lamentou.

“Agora é tentar fazer o melhor possível amanhã, mostrar um bom desempenho e ir para cima”, encerrou. Lucas Foresti venceu a corrida, seguido por Fabiano Machado e Victor Guerin. A corrida final do F3 Brazil Open acontece neste domingo (23) às 10h30.

Tags: