Yann Cunha inicia bem a temporada 2011

23 de janeiro de 2011

Atual campeão sul-americano de Fórmula 3, o piloto brasiliense Yann Cunha iniciou a temporada 2011 com a disputa do F-3 Brazil Open, torneio de verão que foi disputado no último final de semana (20 a 23/1) em Interlagos, São Paulo. Com provas que marcaram sua despedida da equipe Bassan Motorsport, pela qual disputou toda a temporada 2010, Yann finalizou o torneio com um vice-campeonato, atrás apenas do piloto Lucas Foresti.

“O Open é uma grande oportunidade de fazer a preparação na pré-temporada. Vou correr na F-3 Inglesa este ano, mas por enquanto não posso treinar na Europa por causa do inverno. Assim esse evento permite que os pilotos retomem o ritmo de corridas e comecem uma preparação mais intensa para o ano”, comentou Yann, que foi o terceiro colocado na edição 2010 do evento, quando usou o torneio como preparação para o Campeonato Sul-Americano – que venceria dez meses depois.

O F-3 Brazil Open teve sua primeira corrida disputada na sexta-feira, dia em que a chuva deu as caras na região do autódromo paulistano justamente no meio da prova. Nessa corrida, Yann e a equipe Bassan Motorsports decidiram adotar uma estratégia ousada trocando os pneus de pista seca, pelos específicos para piso molhado.

Mas a chuva não caiu com a intensidade esperada e, por causa da parada nos boxes, Yann cruzou a linha de chegada na quinta posição. Na segunda corrida do final de semana, o brasiliense largou e cruzou a linha de chegada atrás apenas do vencedor, Lucas Foresti – e, de acordo com o regulamento do Open que prevê pontos perdidos nas duas primeiras provas do torneio, largou em quarto lugar na prévia da decisão.

A penúltima corrida do evento, porém, não terminou da maneira que Yann esperava. Durante uma disputa de posição com o paulista Pipo Derani, os dois acabaram se tocando e abandonando a corrida. Assim, para a decisão – na manhã de domingo – Yann partia da sexta posição do grid de largada para uma prova de recuperação.

Com um ritmo de corrida alucinante durante a prova final, Yann recuperou quatro posições e assumiu a segunda colocação a pouco menos de dez voltas para o fim. Apesar do bom rendimento de seu carro, Cunha não pôde descontar toda a vantagem do líder e brigar pela vitória. Mas destacou o bom resultado.

“Meu carro estava muito bom, muito rápido. Infelizmente tive que vir de trás, ganhando posições, e quando passei para segundo já não tinha mais tempo de descontar a vantagem do Lucas. Mas foi um campeonato legal e uma ótima preparação para o ano”, comentou.

Fotos: Luca Bassani

Tags: