Myasava corre na categoria graduados no Paulista de Kart

26 de janeiro de 2011

A abertura do Campeonato Paulista de Kart, sábado (29), no Kartódromo de Interlagos, na capital paulista, marca a estreia do paranaense Gustavo Myasava, da equipe Denso/Viapar/Fundação Canal 20/Lei de Incentivo ao Esporte, na categoria Graduados. No domingo ele irá participar da segunda etapa do Super Kart Brasil, que também será disputada em Interlagos.

Gustavo mostra-se tranqüilo para enfrentar as dificuldades de uma nova categoria e diz que a adaptação será rápida. “Realizamos bons treinos em Cascavel e não devemos ter maiores dificuldades quanto à adaptação. Nossos problemas estarão relacionados com a maior experiência da maioria dos adversários. Alguns deles já estão na categoria por mais de cinco temporadas e há até alguns colecionadores de títulos. Mas são situações que temos que passar para continuarmos evoluindo no kart”, acentua Gustavo.

Mas o fato de voltar a competir no Kartódromo de Interlagos, com o retorno do Campeonato Paulista deixa Gustavo motivado. No ano passado, quando a competição foi cancelada, Gustavo foi um dos poucos kartistas que lutou para que o Campeonato Paulista não morresse. “Quem pretende fazer carreira no automobilismo, tem que competir em Interlagos. É um kartódromo muito técnico, que ensina muito o piloto tanto no acerto quanto na forma de pilotar”, exclama o piloto.

Foto: Orlei Silva/Divulgação.

A abertura do Campeonato Paulista de Kart, sábado (dia 29/1), no Kartódromo de Interlagos, na capital paulista, marca a estreia do paranaense Gustavo Myasava, da equipe Denso/Viapar/Fundação Canal 20/Lei de Incentivo ao Esporte, na categoria Graduados. No domingo ele irá participar da segunda etapa do Super Kart Brasil, que também será disputada em Interlagos.

Gustavo mostra-se tranqüilo para enfrentar as dificuldades de uma nova categoria e diz que a adaptação será rápida. “Realizamos bons treinos em Cascavel e não devemos ter maiores dificuldades quanto à adaptação. Nossos problemas estarão relacionados com a maior experiência da maioria dos adversários. Alguns deles já estão na categoria por mais de cinco temporadas e há até alguns colecionadores de títulos. Mas são situações que temos que passar para continuarmos evoluindo no kart”, acentua Gustavo.

Mas o fato de voltar a competir no Kartódromo de Interlagos, com o retorno do Campeonato Paulista deixa Gustavo motivado. No ano passado, quando a competição foi cancelada, Gustavo foi um dos poucos kartistas que lutou para que o Campeonato Paulista não morresse. “Quem pretende fazer carreira no automobilismo, tem que competir em Interlagos. É um kartódromo muito técnico, que ensina muito o piloto tanto no acerto quanto na forma de pilotar”, exclama o piloto da Denso/Viapar/Fundação Canal 20/Lei de Incentivo ao Esporte.

Tags: