Briatore é apontado por fraude fiscal na Itália

27 de janeiro de 2011

O site Grande Prêmio (www.grandepremio.com.br) publicou nesta quinta (27) matéria que revela mais um revés para Flavio Briatore.

Segundo a publicação,  o ex-dirigente é acusado de fraude na Itália . A  Justiça daquele país apreendeu € 1,5 milhão, o que corresponde a cerca de R$ 3,4 milhões  das contas de Briatore por fraude fiscal  no registro de um barco.

Para escapar de maiores cargas tributárias, ele teria registrado a embarcação Force Blue para transporte coletivo, no entanto, apenas sua família fazia uso do barco.

O ex-chefe de equipe da Renault Flavio Briatore foi banido da Fórmula Um pela farsa armada durante o Grande Prêmio de Cingapura, em 2008, quando ordenou ao piloto brasileiro Nelsinho Piquet que provocasse uma batida para beneficiar o espanhol Fernando Alonso, vencedor daquela prova.

Tags: