Desempenho de João Jardim chama a atenção no Super Kart Brasil

31 de janeiro de 2011

Vice-campeão da primeira edição do Super Kart Brasil, realizada em novembro do ano passado no Kartódromo do Velopark (RS), o sorocabano João Jardim terminou a edição 02 do torneio com outra conquista: a de piloto campeão de ultrapassagens no Kartódromo Ayrton Senna (SP), sede da disputa do último fim de semana.

Em um grid formado por 38 pilotos na categoria Shifter, Jardim recuperou 55 posições na soma das quatro corridas do fim de semana e fechou a disputa com um terceiro lugar na bateria final – garantido com ultrapassagens sobre Nelsinho Piquet, André Nicastro, Cesar Ramos, Dennis Dirani, André Pedrali e Victor Franzoni ainda na parte inicial da prova.

Terceiro mais rápido no treino classificatório que definiu a ordem de largada para as corridas de sábado, o sorocabano perdeu seus melhores tempos por falta de 40 gramas no peso total do conjunto kart-piloto – que pelo regulamento da competição deve ser de, no mínimo, 180 kg.

Com isso, largou na última fila nas duas provas iniciais e só teve a chance de voltar a largar no pelotão da frente depois de andar rápido no segundo treino classificatório do fim de semana, realizado na manhã de domingo.

“Meu kart estava muito rápido no treino de sábado, mas por um descuido acabamos ficando 40 gramas abaixo do peso mínimo”, explicou Jardim. “Isso não representaria nenhuma vantagem na pista, principalmente em um kart de 45 cv, mas há um limite no regulamento que precisa ser respeitado. Com isso precisei fazer corridas de recuperação, e por isso terminei o fim de semana satisfeito com o resultado”, declarou o piloto.

Na corrida mais curta do sábado, Jardim recebeu a bandeirada em 17o, e na prova mais longa, com mais tempo para se recuperar, foi o oitavo. No domingo, um abandono ainda na primeira volta marcou sua participação na corrida curta, mas uma nova prova de recuperação o levou ao terceiro lugar na disputa de 21 voltas.

“Na segunda corrida saí na 11a posição e comecei a abrir caminho. Eu sabia que seria difícil vencer, mas queria muito chegar entre os ponteiros para recuperar algumas posições no campeonato. Cheguei bem próximo do Danilo Dirani, segundo colocado, e com o Nelsinho Piquet logo atrás de mim. Se tivéssemos mais algumas voltas, a disputa pela vice-liderança poderia ter sido bem intensa”, comentou o piloto.

João Jardim fechou a edição 02 do SKB em nono na soma geral de pontos, e promete voltar à categoria na terceira edição do evento – que será no circuito de Itu, ainda sem data definida.

Fotos: Luca Bassani.

Tags: