João Pedro Guim é campeão Mirim do Super Kart Brasil

31 de janeiro de 2011

O Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos – São Paulo, recebeu neste final de semana a primeira competição oficial da temporada 2011 do kartismo nacional. 151 pilotos de várias partes do país estiveram na disputa do Super Kart Brasil – SKB e da primeira etapa do Paulista de Kart. O piloto mineiro João Pedro Guim (Techspeed / Camargo Racing / Tibola Preparações), defendeu as cores de seu time nas categorias Super Cadete (SKB) e Cadete (Paulista) e conseguiu excelente desempenho em ambas as participações.

As disputas do Campeonato Paulista se deram apenas no sábado. Guim, que detém o título Paulista da categoria Mirim de 2009, tem a pista de Interlagos como uma de suas favoritas. Mais do que isso, como atualmente está radicado na cidade de Cuiabá – MT, o piloto esteve completamente ambientado ao escaldante calor que fez durante todo o final de semana na capital paulista.

Após uma semana de intensos treinos com a equipe Camargo Racing o piloto chegou ao final da tarde de sexta-feira certo de que poderia ter dois grandes resultados. Pela Cadete ele registrou o quinto tempo na classificação. Nas duas corridas, em grandes disputas, ele chegou a andar na primeira posição, mas, pela grande competitividade, acabou finalizando com a quarta e a segunda posições. Este resultado o deixa em boa situação na classificação do Paulista, mesmo o piloto dizendo não ter certeza se dará continuidade a esta disputa ao longo da temporada.

Presente de aniversário no Super Kart Brasil

João Pedro completou na última quinta-feira 11 anos de idade e, nada melhor, que comemorar a importante data com uma atuação digna dos grandes heróis do automobilismo brasileiro.

Guim foi superior a seus concorrentes da Super Cadete em todos os momento. Desde os treinos livres o piloto já se mostrava muito confiante e com tempos de voltas que pouco variavam. Na tomada de tempos, com a marca de 55s135 ele fez a pole-position e esteve à frente do grid que foi composto por 16 karts.

Exatamente nesta posição ele se manteve nas quatro corridas. Com um estilo de pilotagem sem erros, um kart muito bem acertado e motor extremamente rápido o piloto não demorava mais que duas voltas para se livrar dos concorrentes e administrar a liderança. Ao todo foram 55 voltas na primeira posição até receber a bandeirada final. O piloto comemorou muito o título e agradeceu à toda a equipe.

“Estou muito feliz, meu kart estava ótimo. Andava muuuito! Quero agradecer ao Evendro, chefe da equipe e todos os mecânicos – Alex, Gaguinho, Boi, Guigo e Galo. Em especial quero agradecer ao Tíbola pelo canhão que ele colocou no meu kart e aos meus pais, pela torcida. Foi muito bom o resultado e quero, agora, voltar a treinar rápido para as disputas da Granja e GP Nacional, que serão disputados nas próximas semana”, finalizou o piloto de 11 anos.

Fotos: Flávio Quick e Luca Bassani/Divulgação.

Tags: