130 pilotos participam da primeira etapa da Copa São Paulo Light

13 de fevereiro de 2011

Após dois meses do final da temporada passada o Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, na Grande São Paulo, sediou neste sábado (12) a etapa de abertura da Copa São Paulo Light 2011. A competição que entra em sua nona temporada utiliza motores sorteados pela empresa mineira RBC Preparações e, assim como em 2010, tem sua programação dividida em dois turnos. Na parte da manhã competiram as categorias Mirim, Cadete, Júnior Menor, Júnior e Sprinter.

A Mirim teve em seu grid sete pilotos e a pole-position ficou com Paulo Coelho que, no Top-Qualify, registrou o tempo de 53s662. Na corrida, após uma boa largada, o piloto não demorou a abrir vantagem para seus concorrentes que, por sua vez, em sua maioria estreavam na competição. Matheus Pereira, Waldner Bernardes e Arthur Andrade brigaram muito pela segunda posição. Paulo Coelho venceu com mais de 10 segundos de vantagem. Andrade cruzou a linha em segundo e Waldner chegou em terceiro.

Na sequência do sábado de competições a classe Cadete alinhou 21 karts em seu grid tendo na pole o paraguaio Eugen Gotze. A corrida foi emocionante desde o seu início e teve na briga pela liderança vários karts se revezando. Sinder Bitton Neto, Gotze, Yanni Fontana, Arthur Leist e Gabriel Lopes brigaram muito pela vitória nesta primeira prova do ano. Ao final das 15 voltas quem ficou com a vitória foi Yanni, seguido por Gabriel em segundo e Arthur, em terceiro.

A corrida da Júnior Menor foi bastante diferente uma vez que vários pilotos faziam a sua primeira competição com karts grandes. Zaiya Fontana, atual Campeão Brasileiro da Cadete, partiu da pole-position, mas, logo na terceira curva saiu da pista deixando a disputa pela liderança para seus concorrentes. Matheus Leist, aproveitando-se da situação, assumiu a liderança e abriu muito dos demais concorrentes fazendo uma corrida à parte até a vitória. Gabriel Sereia terminou pela segunda posição e Igor Melo chegou em terceiro.

Pela Júnior um piloto que dominou várias competições em 2010, na Júnior Menor, mostrou que continua em excelente fase e já iniciou as competições de 2011 fazendo a pole-position e vencendo a prova inclusive com a melhor volta da corrida. Vitor Batista não deu a menor chance para seus adversários e, após perder a liderança no começo da corrida, demorou três voltas para voltar à primeira posição e rapidamente abrir de seus adversários. Daí por diante ele seguiu sem ameaças até a bandeirada final. Flávio Matheus chegou na segunda posição e Leonardo Gimenes foi o terceiro.

Encerrando as corridas da manhã o grid da Sprinter teve 18 pilotos e Antônio Furlan Neto como o pole-position. A bateria começou emocionante com cerca de cinco karts brigando pela primeira posição. Porém, com o passar das voltas, João Vitor Ferreira passou a lentamente construir uma vantagem para seus concorrentes que o deixou tranquilo na primeira posição. Ao final das 26 voltas ele recebeu a bandeirada da vitória com quase três segundos de vantagem para Furlan, que chegou em segundo. Lucas Biagione ficou com o terceiro lugar.

“Estamos muito animados com as provas desta manhã, principalmente em virtude da grande similaridade de desempenho entre os participantes. Nas tomadas de tempos de quase todas as categorias os tempos estiveram muito próximos deixando, realmente, a briga pelas posições para o talento de cada piloto. Certamente teremos ainda muita competitividade nesta tarde”, analisou Rafael Cançado, promotor da competição e responsável pela equalização de todos os motores do Light.

Com temperatura na casa dos 35º e disputas ainda mais quentes na pista as corridas da tarde reuniram 53 pilotos que, em quatro baterias, encerraram a primeira rodada da competição.  Assim como aconteceu na Júnior Menor a prova da Graduados recebeu vários pilotos promovidos da Júnior que, diante de concorrentes mais experientes, fizeram de tudo para mostrar seu valor. Com este pensamento Yago Cesário, de Goiânia, mostrou toda a sua experiência. Após marcar a pole-position e piloto parecia não ter limites na pista. Depois de uma excelente largada ele manteve-se na liderança e, aproveitando-se da briga pela segunda posição seguiu construindo uma grande vantagem. Ao final das 26 voltas ele recebeu a bandeirada com mais de 10 segundos de vantagem. A briga pela segunda posição foi repleta de emoções e não faltaram toques, rodadas e até mesmo penalização. O campeão mundial Rubens Carrapatoso brigou muito com Emílio Gotze, Yuri Cesário e Jean Aguiar. Ao final, após um toque envolvendo Yuri e Carrapatoso, Emílio ficou com a segunda posição e Aguiar, com o terceiro lugar.

A Super Sênior veio à pista na sequência e os pilotos mais experientes da competição fizeram uma bateria bem agitada. As disputas pelas posições intermediárias foram repletas de ultrapassagens, toques e até mesmo “xis”, mostrando que a idade não impede estes competidores de acelerarem para valer. Luiz Nista ficou com a vitória após ter largado também da segunda posição. Enzo Sciulli chegou em segundo e Marcos Pelli ficou com o terceiro posto.

A prova que reuniu os pilotos da Master “A” e “B” foi a penúltima do dia. 19 competidores estiveram no traçado e procuraram colocar em prática tudo o que desenvolveram na pré-temporada. Porém, quem levou a melhor foi Ricardo Tomazi. O piloto largou da primeira fila e assumiu a liderança ainda na primeira volta para não mais perdê-la até a bandeirada final. Alessandro Xavier, após partir da quinta colocação, fez boa recuperação e brigou pela vitória com Tomazi. Mas este, por sua vez, seguiu firme com seu estilo de pilotagem e venceu tranquilo. Xavier chegou em segundo e Wagner Ebrahim foi o terceiro. Pela classe “B” o vencedor foi Márcio Salomão seguido por André Rocha e Vinícios Corbo.

Finalizando o sábado de competições a Super Cadete, que estreou no Light este sábado, fez a sua corrida. Oito pilotos estiveram no traçado dos quais quatro deles também competiram na Cadete ou Júnior Menor. A briga pela primeira posição foi emocionante entre três pilotos. Pedro Fonseca, Yanni Fontana e Eduardo Garbelloto. Entre trocas de posição e alguns toques os pilotos travaram uma disputa que durou até as voltas finais. Pela segunda vez no dia o carioca Yanni Fontana recebeu a bandeirada na primeira posição. Garbelloto chegou em segundo e Juan Crespi foi o terceiro.

Todos os vencedores desta rodada do Light automaticamente se classificaram para a disputa do GP RBC de Kart, competição que será realizada em 2011 pela terceira vez no Kartódromo Aldeia da Serra, no dia 04 de dezembro. A expectativa dos organizadores é que sejam distribuídos mais de R$ 200 mil em prêmios.

Foto e texto: Flávio Quick