Bruno Senna testa Lotus Renault em Jerez

13 de fevereiro de 2011

Chegou ao fim neste domingo (13) os quatro dias de teste da pré-temporada 2011 da Fórmula Um, em Jerez de la Frontera, na Espanha. Na sessão de hoje as atenção se voltaram para os boxes da Lotus-Renaut, que teve a participação de Bruno Senna no comando do carro dourado e negro, lembrando os tempos em que seu tio Ayrton Senna pilotou para a escuderia.

A missão de Bruno Senna não seria das mais fáceis. Sob a pressão do nome Senna e do desempenho de Nick Heildfield, líder da sessão de sábado, o brasileiro precisava mostrar para a direção do time francês sua capacidade de assumir o comando da Lotus-Renault no lugar do acidentado Kubica.

Bruno Senna foi o quinto mais rápido. Ele teve de experimentar uma nova especificação para o sietema de refrigeração da caixa de velocidades, além de usar o KERS e a asa traseira regulável, pela primeira vez. “Foi um dia maravilhoso, foi minha primeira oportunidade de conduzir o R31. Estou satisfeito com tudo aconteceu. Foi um dia de muito aprendizado para mim. Eu nunca tinha usado o braço ajustável ou o KERS antes, então eu tive que me adaptar a estas novidades. Não é fácil num primeiro momento, porque há um trabalho grande e você está operando duascoisas  que alteram o equilíbrio do carro, mas até o final do dia, estava mais adaptado” , disse o brasileiro que só não andou mais no fim do dia por conta das bandeiras vermelhas e das condições meteorológicas.

O melhor tempo do brasileiro após 68 voltas  foi de  1:21.400.

Fotos: Lotus Renault GP/LAT