C-Max é eleito carro do Ano de 2011

25 de fevereiro de 2011

O Ford C-Max é escolhido o carro do Ano de 2011. Ele foi considerado pelos 18 jornalistas, dos mais importantes veículos de comunicação daquele País, que o elegeram como o automóvel que melhor se adequa à realidade do mercado português.

Os números do mercado automobilístico em Portugal são pequenos. Em janeiro de 2011 vendeu 16.728 veículos, 14,9% a mais que janeiro de 2010, quando foram comercializadas 14.558 unidades, segundo pesquisa da Jato Dynamics. Como um todo, o mercado europeu de carros novos, em janeiro último, caiu 0,9%.

A cerimônia de entrega do prêmio foi presidida pelo secretário de Estado da Energia e Inovação de Portugal, Carlos Zorrinho, e por Francisco Pinto Balsemão, presidente das revistas AutoSport e Volante que organizam o evento.

O monovolume C-Max, produzido na fábrica de Saarlouis, na Alemanha e em Valência, na Espanha.  Ele é construído sobre a plataforma Ford C-global, dentro de uma concepção de engenharia que proporciona elevada proteção em caso de colisão e será lançado no mercado americano no final de 2011.

Fotos: Ford.