Entressafra da cana-de-açúcar deixa gasolina mais vantajosa

14 de março de 2011

O período de entressafra da cana-de-açúcar tem causado sucessivos aumentos no preço do etanol. O combustível vegetal deixou de ser a melhor opção e abriu espaço para a gasolina, que já é vantagem em todos os estados brasileiros. Segundo o Índice de Preços Ticket Car (IPTC), em fevereiro, o preço do combustível vegetal manteve-se, em média, a R$ 2,13/l, enquanto o derivado do petróleo ficou, em média, a R$ 2,76. Com isso, quem tem veículo flex, se quiser economizar, deverá optar pela gasolina, que é vantajosa na relação custo x desempenho em todos os estados do País e no Distrito Federal.

O menor preço da gasolina foi verificado na Paraíba, R$ 2,56, enquanto o valor mais elevado encontra-se no Acre, R$ 2,97. Com as alterações, as médias por litro são: gasolina R$ 2,76; etanol R$ 2,13; diesel R$ 2,09; biodiesel R$ 2,05 e GNV R$ 1,67/m³.

O IPTC revela, ainda, que em Rondônia o etanol registrou a maior alta do País. O combustível está 9,73% mais caro que em janeiro, média R$ 2,94 por litro. O etanol tem seu melhor preço na Paraíba, R$ 1,94. “A constante alta do etanol tem feito com que os brasileiros optem por abastecer com gasolina. Na hora de fazer o cálculo para ver qual a melhor opção, é preciso tomar cuidado, pois, apesar de mais barato, a autonomia do veículo com o etanol é, em média, 30% menor”, explica Eduardo Lopes, coordenador de Produto do Ticket Car.

Para saber qual combustível é o mais vantajoso, basta dividir o preço do derivado da cana-de-açúcar pelo da gasolina. “Com resultados inferiores ou iguais a 70%, opte pelo combustível vegetal, caso contrário, o derivado do petróleo é a melhor opção”, completa. “Contudo, é sempre bom lembrar que, mesmo nos casos de vantagem da gasolina, o etanol é ambientalmente mais indicado”, ressalta Lopes.

Fonte:  www.ticketcar.com.br