Losacco e Leite pontuam em Curitiba

20 de março de 2011

A equipe Hot Car Competições (Bardahl / Agecom) comemorou a conquista de pontos com seus dois pilotos, neste domingo (dia 20), na abertura da temporada 2011 da  Stock Car, em Curitiba (PR). Após os problemas na estratégia para o classificatório, que colocaram os pilotos no final do grid, Giuliano Losacco (foto) e Eduardo Leite fizeram uma prova precisa e terminaram em 10º e 13º lugares, respectivamente.

Marcada por alguns incidentes e pneus furados, a etapa teve a vitória de Thiago Camilo. O atual campeão, Max Wilson, em segundo, e Ricardo Zonta, em terceiro, completaram o pódio.

Um Safety Car na oitava volta determinou o andamento da corrida. Vários pilotos optaram pela parada nos boxes. Os que não o fizeram naquele momento e arriscaram levaram a pior. A equipe Hot Car determinou o pit stop no momento do Safety e os dois pilotos reabasteceram e trocaram os pneus do lado esquerdo.

Largando em 22º, o bicampeão Losacco tinha por objetivo terminar na zona de pontos, entre os 15 primeiros. Ganhou 12 posições durante a prova e ficou entre os 10 melhores. “No começo, o carro estava equilibrado, mas depois passou a sair um pouco de traseira. Trocamos os pneus no pit stop e melhorou um pouco. Mantive o ritmo, preocupado com o equilíbrio do carro e o desgaste dos pneus, para permanecer na pista e pontuar. Largar lá atrás sempre compromete um pouco a corrida, mas sem dúvida foi um bom resultado para começar o ano”, declarou o paulista.

Leite (foto), vice-campeão da Copa Montana em 2010, foi o melhor entre os cinco estreantes na categoria. O piloto, que largou em 27º, também marcou três pontos, ganhando 14 posições.

“Tive um problema no freio e também no botão do push to pass, que não funcionou. Mas foi melhor do que eu imaginava. Nunca tinha feito o pit stop e, felizmente, deu tudo certo. Agora vamos para São Paulo. É bom também já ter passado essa ansiedade e ter conseguido ajudar a equipe a marcar pontos logo no começo”, comentou o piloto mais jovem do grid, com 22 anos.

Amadeu Rodrigues, chefe da equipe Hot Car, também festejou o resultado. “Conseguimos atingir os objetivos com os pontos, mas o mais importante é que os dois carros andaram rápido, foram constantes e fizemos dois pit stops muito bons. Sem dúvida, é muito positivo começar o ano assim”, finalizou Rodrigues.

Fotos: Vanderley Soares/Divulgação.