“Não é correto”. Diz Norbert Haug sobre ordens de equipe.

21 de março de 2011

Chefão da Mercades diz não concordar com a legalização de ordens de equipes para a temporada 2011.

A polêmica do ano passado envolvendo a Ferrari, em Hockenheim, fez a FIA, comandada por Jean Todt, voltar a permitir que as ordens de equipe fossem legais para esta temporada.

Norbert Haug, chefe da equipe Mercedes, se diz contra. “Pessoalmente, não é correto. Consigo imaginar formas de como as ordens podem ser controladas de forma eficaz, sem a necessidade que recorrer a esta liberação”, disse em entrevista a imprensa alemã.

Segundo ele, há uma série de exemplos de intervenções aceitáveis de equipes na história recente da categoria, como Hamilton e Kavalainen, no GP de Hockenheim, em 2008.

“É um assunto complicado. É preciso agir como equipe, mas sempre dentro do contexto do esporte e no que dis respeito à audiência, as ordens de equipe devem ser evitadas”, comentou.

“Durante todo o tempo que estou na F1, raramente efeatuamos um troca de posição em nossa equipe. Vimos ótimas disputas ano pasaddo entre Nico e Michael. É isso que faz o esporte. Na minha opinião, é assim que tem que ser sempre que possível”, concluíu Haug.

Fonte: F1Mania.net – redacao@f1mania.net