Mini Challenge brasileira abre calendário internacional

21 de março de 2011

A etapa de abertura da  Mini Challenge Cup, ocorrida neste final de semana no Autódromo Internacional de Curitiba, não só abriu o calendário nacional da competição, mas também o calendário global da  Mini em competições esportivas. Além do Brasil a Mini Challenge Cup é disputado em países da América Latina, Europa e Oceania.

A prova de Curitiba deixou claro de como será a temporada de 2011: competitiva e emocionante.  Os carros são preparados de forma igual, por uma empresa especializada, onde o que faz a diferença é o desempenho do piloto, por isso, proporciona muitos pegas e disputas emocionantes.

A primeira corrida da rodada dupla, aconteceu no sábado (19/3), tendo como pole position o paulista Rodrigo Hanaschiro, com o tempo de 1min32seg699. Logo na primeira volta, Hanaschiro travou um duelo com o campeão de 2010, o baiano Patrick Gonçalves, onde os dois acabaram prejudicados. O paulista saiu da pista e acabou batendo forte na barreira de pneus, enquanto o baiano caiu para quinta colocação. Apesar da gravidade o acidente foi encarado com naturalidade pelos pilotos.  Após 19 voltas a vitória ficou com Claudio Daruhj seguido por Patrick Gonçalves, que recuperou posições e acabou a prova em segundo lugar. O estreante Mateus Castro completou o pódio na terceira colocação.

No domingo pela manhã os carros  já estavam novamente alinhados para a segunda corrida do fim de semana. A pole foi conquistada pelo estreante Felipe Tozzo que registrou tempo de 1min32seg978..

Os pilotos mais uma vez deram show de competitividade. Desde a largada até a bandeirada quadriculada, não teria como saber quem seria o vencedor da prova. A primeira colocação à todo momento era disputada por pelo menos cinco concorrentes.

Felipe Tozzo conseguiu segurar a pressão de quem vinha logo atrás e venceu de ponta à ponta. O pódio ainda foi composto por Patrick Gonçalves em segundo e Vitor Genz na terceira colocação.

A etapa de Curitiba contou com a participação do ex-piloto da Fórmula Indy, Mario Moraes, à convite do BMW Group do Brasil. Moraes teve bom desempenho no sábado, quando acabou a corrida na sétima posição. Já no domingo, seu carro apresentou superaquecimento, o que causou o abandono da prova.

A próxima etapa da competição será nos dias 2 e 3 de abril , no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Foto: Fernanda Freixosa