Power e Castroneves fazem dobradinha da Penske no Canadá

24 de julho de 2011

Will Power venceu o GP de Edmonton, 10a etapa da Fórmula Indy, neste domingo (24) e conquistou a sua 4a vitória na temporada. Power comemorou a dobradinha da Penske junto com seu companheiro Hélio Castroneves. Foi o melhor resultado do brasileiro nesse ano, que ainda impediu que Dario Franchitti, terceiro no Canadá, somasse mais pontos na tabela geral. A diferença entre Franchitti e Power no campeonato é de 38 pontos.

Outro destaque ficou para o brasileiro Tony Kanaan, da KV Racing Technology – Lotus, que largou em 11o e chegou a cair para 16o após o primeiro pit-stop, mas fez uma ótima prova de recuperação e finalizou na 4a colocação. Assim, o baiano assumiu a mesma posição no campeonato. Justin Wilson finalizou logo atrás de Kanaan, e Sebastian Bourdais conquistou a sua melhor posição de chegada na Indy ao cruzar na 6a posição.

A corrida – Na largada, Alex Tagliani esqueceu de frear e, mesmo ultrapassando uns seis carros, bateu em cheio no carro de Graham Rahal, o limando da disputa, e causando a primeira bandeira amarela. O acidente ainda teve Paul Tracy atingindo, que também deixou a prova. Takuma Sato manteve a ponta até as 20 primeiras voltas. No entanto, após perder a freada junto com Power, o japonês perdeu a posição para o australiano e também para Scott Dixon.

Na volta 25, Oriol Serviá bateu e causou a segunda e última bandeira amarela da prova. Com isso, a maioria dos pilotos foram para o pit-stop, com Power voltando na ponta. Kanaan teve problemas na troca da roda dianteira esquerda e caiu para a 16a colocação.

A bandeira verde foi agitada na volta 31, em uma relargada incrível com os carros fazendo até quatro linhas entre eles. Dixon foi tocado por EJ Viso, que causou a quebra do neozelandês da Ganassi. Ele ainda retornou, mas com sete voltas de desvantagem após o trabalho de sua equipe.

Logo após abrir a volta 39, Sato ocupava a segunda colocação quando foi tocado por Ryan Hunter-Reay e ficou atravessado, dando adeus as suas chances de vitória. O norte-americano foi punido com uma passagem pelo pit-lane. Na metade da prova, Power liderava com 5 segundos de vantagem para o segundo colocado.

Entre as voltas 52 e 55, aconteceu a segunda parada nos boxes em bandeira verde, a última para a maioria. Depois de todos realizarem a parada, Power liderava com Castroneves, Franchitti, Briscoe e Kanaan no top 5. A ordem seguiu até a última volta, quando Briscoe teve de parar para fazer um “splash and go”, entregando a 4a colocação para Kanaan. Apos 80 voltas, Power venceu, tendo Castroneves em segundo e Franchitti completando o pódio.

Os demais brasileiros também foram bem, com Vitor Meira conquistando a 12a posição e Bia Figueiredo a 14a colocação. O próximo Grande Prêmio de Fórmula Indy será o de Mid-Ohio, no dia 7 de Agosto.

Confira o final do GP de Edmonton:

1º. Will Power (AUS/Penske), 80 voltas em 1h57min22s517
2º. Hélio Castroneves (BRA/Penske), a 0s808
3º. Dario Franchitti (ESC/Ganassi), a 1s173
4º. Tony Kanaan (BRA/KV), a 11s150
5º. Justin Wilson (ING/Dreyer & Reinbold), a 11s783
6º. Sébastien Bourdais (FRA/Dale Coyne), a 12s668
7º. Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti-Autosport), a 18s025
8º. Mike Conway (ING/Andretti Autosport), a 18s356
9º Danica Patrick (EUA/Andretti Autosport), a 21s043
10º. Ryan Briscoe (AUS/Penske), a 31s157
11º. JR Hildebrand (EUA/Panther), a 35s540
12º. Vitor Meira (BRA/Foyt), a 37s557
13º. Bia Figueiredo (BRA/Dreyer & Reinbold), a 1min07s245
14º. Marco Andretti (EUA/Andretti Autosport), a 1min10s201
15º. James Hinchcliffe (CAN/Newman-Haas), a 1min11117
16º. Sebastian Saavedra (COL/Conquest), a 1min15s781
17º. Alex Tagliani (CAN/Sam Schmidt), a 1min15s886
18º. James Jakes (ING/Dale Coyne), a 1min16s189
19º. Charlie Kimball (EUA/Ganassi), a 1 volta
20º. EJ Viso (VEN/KV), a 1 volta
21º. Takuma Sato (JAP/KV), a 1 volta
22º. Oriol Servià (ESP/Newman-Haas), a 4 voltas
23º. Scott Dixon (NZL/Ganassi), a 6 voltas

Abandonaram:

Simona de Silvestro (SUI/HVM)
Graham Rahal (EUA/Ganassi)
Paul Tracy (CAN/Dragon)

Classificacão Geral:

1) Dario Franchitti, 388 pontos
2) Will Power, 350
3) Scott Dixon, 282
4) Tony Kanaan, 253
5) Oriol Servia, 244

Fotos:   Shawn Gritzmarcher e Daniel Incandela/Indycar-Divulgação.