Ford apresenta sistema para acordar motorista sonolento

27 de julho de 2011

A Ford  desenvolveu um novo equipamento de segurança para o trânsito que, segundo0 a montadora, é um sistema de alerta capaz de evitar milhares de acidentes causados por sono ao volante: o “Driver Alert”.  Usando avançada tecnologia e algoritmos sofisticados, ele analisa o comportamento do motorista e dispara um aviso ao detectar sinais de sonolência ou direção irregular.

“O cansaço do motorista é um problema sério que pode afetar qualquer pessoa. Quando o motorista fica com sono e perde a concentração, tende a rodar fora da faixa, corrigindo depois bruscamente a direção. O sistema ‘Driver Alert’ capta esses movimentos laterais irregulares”, diz Margareta Nieh, engenheira da Ford.

Considerando que um em cada cinco acidentes graves de trânsito é causado por sono ao volante, esta é uma tecnologia que pode beneficiar todos os motoristas. “Este pode ser o despertar mais importante da sua vida”, destaca a especialista.

O sistema “Driver Alert” é composto de uma pequena câmera frontal conectada a um computador de bordo. A câmera fica montada na parte de trás dos retrovisores e é programada para identificar as faixas de ambos os lados da pista. O computador monitora a estrada à frente e prevê onde o carro deveria estar posicionado em relação às faixas. Ele compara essa medida com a posição real do veículo e, se a diferença for grande, dispara um aviso.

Primeiro, aparece uma mensagem de texto no painel de instrumentos, acompanhada de um alerta sonoro de 10 segundos. Se o motorista continua a mostrar comportamento inseguro, é ativado um aviso mais forte, que o motorista precisa responder apertando um botão.

A Ford já tornou essa tecnologia disponível nos modelos Focus, Mondeo, S-MAX e Galaxy, recentemente lançados na Europa. “O Sistema ‘Driver Alert’ é mais uma tecnologia Ford que tende a se popularizar no futuro em vários produtos da marca no mundo, ampliando os padrões de segurança preventiva dos usuários”, diz a engenheira.

A câmera do “Driver Alert” é programada para rastrear as faixas de ambos os lados da estrada, mas também funciona se apenas um lado for detectado. O sistema pode ser desligado no painel de instrumentos. “A tecnologia é inteligente. Ela foi programada para reconhecer manobras intencionais de mudança de faixa e não dispara ao se fazer uma ultrapassagem, por exemplo”, completa a especialista.

Ocasiões mais comuns de acidentes causados por sono ao volante:
·        Viagens longas com estradas retas e monótonas.
·        Entre as 2h00 e 6h00 da madrugada.
·        Entre as 14h00 e 16h00, especialmente depois de comer ou tomar bebidas alcoólicas, mesmo que só uma dose.
·        Depois de dormir menos que o normal.
·        Depois de ingerir álcool.
·        Depois de tomar remédios que provocam sonolência.
·        Em viagens para casa depois do trabalho noturno.

Fonte e Foto: Ford.