Venda de motos cresce no primeiro semestre

28 de julho de 2011

O consumidor brasileiro se rendeu as motocicletas, tanto que as taxas de crescimento do mercado de duas rodas tem sido superiores as de automóveis.

Tecnologia, design, facilidade de compra, mas acima de tudo, praticidade no uso urbano, levaram os brasileiros a aumentar a frota em 330%, de 2000 a junho de 2011.

As motocicletas importadas também estão desempenhando um bom papel dentro do mercado nacional. Segundo dados da Abraciclo (Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares) até junho deste ano, 16.358 motocicletas foram emplacadas.

A BMW Motorrad, por exemplo, comercializou no ano passado 3.507 motocicletas, atingindo uma fatia de 8,7% do mercado acima de 500 cilindradas.

“Com a montagem da F 800 R e a F 800 GS, e a redução de cerca de 30% do valor das motos, a previsão é de um final de 2011 bem positivo. Essas motocicletas contribuíram muito para a maior presença da BMW no mercado nacional. Esse posicionamento também ocorreu com as vendas da big trail R 1200 GS e das esportivas K 1300 S e S 1000 RR”, diz Claudio Conte, gerente comercial da Caltabiano BMW Motorrad. A concessionária brasileira é a quinta maior revenda de motos BMW no mundo.