Dupla da Ferrari espera lutar pelo pódio

30 de julho de 2011

Os pilotos da Ferrari mostraram-se satisfeitos com os resultados da sessão de classificação na Hungria, com Fernando Alonso e Felipe Massa salientando que ainda tudo está em aberto na luta pelo pódio da corrida de amanhã. Vale notar que o brasileiro conseguiu o quarto melhor tempo, logo à frente de Alonso.

“Geralmente, os nossos rivais encontram algum extra para a classificação e nós damos um passo em frente na corrida. Vamos ver se essa regra que não está escrita se confirma nesta pista amanhã. Espero que o carro esteja competitivo, como esteve na parte final da classificação”, disse Massa, lembrando que é difícil prever quantas paradas irão realizar na corrida.

“Quatro (paradas) não é impossível, três é absolutamente provável. Muito vai depender da duração da primeira perna: é aí que vai se tornar mais claro que rumo iremos seguir para as paradas. Estou satisfeito (por estar à frente de Alonso), mas o que conta é estar à frente de todo mundo e espero que em breve possamos ter algumas sessões de classificação em que possamos ser os melhores”, acrescentou.

Para Alonso, o resultado desta tarde não foi surpreendente, afirmando que mesmo sem o erro na sua última tentativa no Q3 não deveria ter conseguido chegar à primeira fila: “O terceiro lugar estava ao nosso alcance e seria uma excelente posição para começar esta prova, mas outros fizeram um trabalho melhor do que nós, incluindo o meu companheiro de equipe, que fez uma boa volta: é importante que os nossos carros estejam em posições de brigar pelo pódio”.

“Ainda assim, é melhor largar de quinto do que em quarto, porque ao menos começo do lado limpo da pista. Parece que no Q3 a Red Bull tem sempre um botão mágico que os faz andar mais depressa, mas depois parece que esse botão se desliga na corrida! É sempre muito difícil ultrapassar aqui e penso que o DRS não vai mudar muita coisa. Vamos tentar subir algumas posições amanhã: temos de manter um bom ritmo, fazer um trabalho perfeito nas paradas nos boxes, as quais penso que serão muitas, talvez três ou quarto, porque a degradação dos pneus é significativa. Também será importante acertar com o momento certo para as paradas. Acho que ainda tudo pode acontecer: será uma corrida bastante aberta”.

Fonte: F1Mania.net

Foto: Scuderia Ferrari – Divulgação.