Antonio Pizzonia disputa Corrida do Milhão pela Scuderia 111

3 de agosto de 2011

A Stock Car realizará no próximo domingo, 7 de agosto, sua terceira edição da “Corrida do Milhão”, prova que premiará o vencedor com a quantia de R$ 1 milhão. Além da premiação, a corrida ganhou um charme especial com a participação de ex-pilotos da Fórmula 1, já que além da presença do paranaense Ricardo Zonta e do paulista Luciano Burti, que correm regularmente na Stock Car, a lista ganhou o reforço do canadense Jacques Villeneuve, campeão da categoria máxima em 1997, e do amazonense Antonio Pizzonia, que defenderá a equipe Scuderia 111 durante a corrida na capital paulista.

Em 2011, Pizzonia está disputando a Fórmula Superleague na Europa, com um carro que leva as cores do Brasil, mas o piloto que defendeu as equipes Jaguar e Williams na Fórmula 1 aceitou o convite para disputar esta prova especial da Stock Car. “Estou contente por voltar a correr no Brasil e justamente na prova mais importante do calendário da Stock Car. Agradeço a Scuderia 111 pelo convite e pela confiança no meu trabalho, e como fizemos um acordo somente para esta corrida, o objetivo não pode ser outro a não ser a vitória”, disse Pizzonia, que chegou a liderar a “Corrida do Milhão” em 2010, mas teve de deixar a disputa por problemas com o equipamento.

Além de Pizzonia, a Scuderia 111 contará com Alan Hellmeister no comando do outro carro do time. O paulista é um dos nomes que podem surpreender neste domingo, graças ao seu retrospecto no circuito de Interlagos. Na primeira passagem da Stock Car pela capital paulista, no início do ano, Hellmeister largou entre os dez primeiros colocados no grid e não esconde sua preferência pelo autódromo José Carlos Pace.

“Com certeza Interlagos é a pista que tenho mais intimidade no país. Sempre ando bem quando corro aqui e foi assim na segunda etapa do campeonato deste ano. Fizemos uma classificação muito forte mas tive de abandonar a corrida. Essa prova é especial, não só pelo prêmio, mas também por ser mais longa e exigir mais de pilotos e equipes na definição correta de parada nos boxes” contou Hellmeister.

A “Corrida do Milhão” será válida pela 7ª etapa do campeonato 2011 da Stock Car, mas tem seu formato diferenciado das demais corridas do calendário. Ao invés dos 50 minutos de duração tradicionais, essa corrida terá 70 minutos, o que pode levar às equipes a fazer duas paradas para reabastecimento durante a etapa.

Fotos:  Luca Bassani – Divulgação.