Cinco ex-pilotos de F-1 disputaram a Corrida do Milhão

7 de agosto de 2011

Principal prova do automobilismo brasileiro, a Corrida do Milhão Stock Car teve a capacidade de reunir cinco pilotos que já correram na Fórmula 1: O canadense campeão mundial de 97 Jacques Villeneuve (Shell Racing), e os brasileiros Antonio Pizzonia (Scuderia 111/Banco BVA/GNO), Tarso Marques (Amir Nasr Racing), Ricardo Zonta (Crystal Racing Team) e Luciano Burti (Itaipava Racing Team). E na briga particular entre aqueles que frequentaram as pistas do mundo inteiro, o vencedor foi o amazonense que correu pela Jaguar (2003) e Williams F1 (2004 e 2005).

“Eu vim aqui para brigar pela vitória na Corrida do Milhão, apesar das dificuldades naturais de quem é convidado em cima da hora. Mas ficou um gostinho bom ter terminado na frente de meus colegas que correram na Fórmula 1”, comemorou Pizzonia, que recebeu a bandeirada na 10ª posição. “Quero aproveitar para agradecer muito o convite feito pela Scuderia 111”, completou o piloto de Manaus. O novo milionário do automobilismo é o paulista Thiago Camilo.

Largando da 14ª fila, ao lado de Jacques Villeneuve, logo na segunda volta Antonio Pizzonia já estava na frente do canadense, com quem trocou de posição várias vezes. “Foi divertido. Ficamos trocando de posição algumas vezes até que olhei no espelho e não o vi mais. Acho que ele tinha outra estratégia”, contou. “Como larguei muito atrás, fiz uma corrida conservadora, tentando economizar pneus e combustível e acabei pontuando, um bom resultado para uma prova isolada”, completou o piloto da Superleague Formula.

Entre os pilotos de Fórmula 1, Ricardo Zonta terminou em 15º, Jacques Viileneuve em 18º, Luciano Burti em 24º, e Tarso Marques em 31º.

Foto: José Mario Dias – Divulgação.