Problema elétrico tira Roberval da liderança da Fórmula Truck

7 de agosto de 2011

Pela quarta vez no ano, Roberval Andrade viu num problema mecânico o fim de sua chance de vencer uma corrida do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. Neste domingo (7), em Londrina, foi uma pane nas instalações elétricas do Scania número 1 que tirou-o do comando da disputa, deixando caminho livre para o também paulista Felipe Giaffone, da Volkswagen, conquistar sua segunda vitória na temporada da competição – a primeira aconteceu em Caruaru.

Mais rápido nos treinos da sexta-feira (5), Andrade perdeu a pole-position, à qual não negava o favoritismo diante do bom rendimento de seu caminhão, por conta de “desconcentração”, segundo sua própria definição. Com a matemática já desfavorável no campeonato, tinha a vitória como única meta e avisava desde um dia antes que buscaria o resultado desde os primeiros metros da corrida na pista do Norte do Paraná. Foi, de fato, o que aconteceu neste domingo.

Giaffone, largando da pole, manteve a liderança até a metade da primeira volta, quando foi superado por Andrade na reta oposta. “Meu caminhão era muito, muito rápido, a gente sabia que a vitória era possível. Estava tudo acontecendo do jeito que a gente esperava, até que o problema apareceu”, lamentou o piloto. Com a pane na parte elétrica, manifestada na sétima volta, ele perdeu várias voltas nos boxes. Ainda voltou à pista e concluiu a corrida em 14º lugar.

“A gente tinha ritmo para ganhar a corrida, isso foi mostrado nos treinos e na corrida. Tivemos um problema na corrida, mas fazer o quê?, isso acontece nas corridas. Vamos para a próxima”, contemporizou o atual campeão da F-Truck.

Foto: Orlei Silva – Divulgação.