Zonta e Campos pontuam na Corrida do Milhão

7 de agosto de 2011

A Corrida do Milhão não rendeu o tão sonhado prêmio milionário para a Crystal Racing Team, mas se transformou no melhor resultado coletivo do time na temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car. No circuito de Interlagos, pela primeira vez no ano, a equipe colocou seus dois carros na zona de pontuação.

Largando da 15ª e 17ª posições, Ricardo Zonta e Julio Campos fizeram uma corrida de superação no caos do meio do pelotão, apostando no bom trabalho de pit stops. A excelente atuação dos mecânicos nas paradas fez com que os dois paranaenses saltassem direto para o grupo dos 15 que pontuam, e Campos, que retornou à Crystal Racing Team após um hiato de dois anos, chegou até a andar em sétimo lugar. No fim, terminou em nono.

Já Zonta fez uma prova de resistência física. Graças ao ótimo condicionamento físico conservado dos tempos de Fórmula 1, o paranaense conseguiu lidar com temperaturas acima dos 50ºC dentro de seu Chevrolet Vectra, após o sistema de refrigeração de seu corpo ter parado de funcionar logo no começo. Apesar dos problemas, o líder do time salvou um ponto com o 15° lugar e se mantém vivo na briga pelo playoff.

“Foi uma prova de superação, pois a geladeira não funcionou. A estratégia da troca dos dois pneus traseiros acabou prejudicando o desempenho, já que, se tivesse trocado os dois traseiros e um dianteiro, teríamos conseguido um desempenho melhor. A largada não ajudou, pois os líderes foram freando e os que vinham atrás de mim tiraram proveito disso. Queria ressaltar o ótimo trabalho da equipe e a entrada do Julio foi muito boa para a pontuação”, afirma Zonta, 12º na tabela com 30 pontos.

“Fico feliz em ter conseguido ajudar a equipe na primeira prova deste meu retorno. Lutamos bastante durante todo o fim de semana e o resultado foi uma recompensa para o ótimo trabalho do time. Espero que consigamos dar mais um passo à frente na próxima corrida, quando estarei melhor adaptado”, comenta Campos, que, por ter trocado de equipe e de marca de carro (de Peugeot para Chevrolet), perdeu os pontos obtidos até então e agora está com sete na tabela.

“O trabalho da equipe nos boxes em termos de estratégia foi muito bom. A equipe foi perfeita no trabalho de abastecimento e troca de pneus, onde tudo saiu como combinado. O problema é que no carro do Ricardo [Zonta], optamos por trocar apenas os pneus traseiros, o que prejudicou muito o rendimento dele durante a corrida. Já no caso do Julio [Campos], programamos trocar três pneus e a troca foi mais rápida que o abastecimento e o carro continuou rendendo bem durante a corrida. Por isso, conseguimos uma posição melhor com o Julio. Foi uma corrida bem produtiva com um resultado satisfatório”, resume o chefe da equipe Robson Fernandes. Com os 40 pontos obtidos nas sete etapas disputadas até então, a Crystal Racing Team praticamente assegurou sua permanência na temporada 2012 da categoria.

A próxima etapa do campeonato acontece no dia 4 de setembro, no circuito urbano de Salvador, na Bahia.

Foto: Vanderley Soares/MS2 – Divulgação.