Dário Júlio controla ansiedade antes da abertura do Rally dos Sertões

9 de agosto de 2011

Na véspera da 19ª edição do Rally dos Sertões, que tem início em Goiânia (GO), nesta quarta-feira (10), a expectativa para estreia tem tomado conta de Dário Júlio. Nesta terça (9), pela manhã, os competidores de motos e das demais categorias passarão pelo prólogo num circuito de 1.800 metros, que terá como destino final o Autódromo Internacional de Goiânia. À noite, a partir das 19h30, os oito melhores voltam ao traçado para disputar o Super Prime, que definirá o piloto a ter direito de largar na frente a primeira etapa.

Mais experiente e numa nova categoria (Production Aberta), o piloto da Equipe Honda Mobil procura controlar a ansiedade. “Estou tentando manter a tranquilidade. Correr os Sertões aumenta ainda mais a adrenalina já habitual que temos antes de iniciar uma prova”, coloca o competidor, que passou os últimos meses intensificando as atividades. “Procurei fazer simulações de rally e treinar em circuitos de cross-country, motocross, entre outros. Tudo que estava ao meu alcance eu fiz. Agora é ter concentração total para a prova”, relata.

Entre as novidades para do mineiro de Lavras para a competição estão os dois novos tanques de gasolina na parte traseira da moto. “Isto é bom, pois dá maior autonomia ao piloto. Hoje o dia foi de fazer a vistoria, aproveitei para ir ao box e checar a moto oficial e reserva. Elas estão em perfeitas condições”, comenta.

Para a edição do Rally dos Sertões 2011, que passará por cinco estados (Goiás, Tocantins, Maranhão, Piauí e Ceará), Dário foca o inédito título. “Venho este ano com o objetivo de brigar pelo primeiro lugar. Vai ser complicado, pois é a segunda competição mais importante da modalidade, mas tenho condições de vencê-la”, completa.

Confira a programação da 19ª edição do Rally dos Sertões:

9 de agosto – Terça-feira
9h – Prólogo motos
19h – Cerimônia de Abertura
19h30 – Largada para o Super Prime

10 de agosto – Quarta-feira
1ª Etapa – Goiânia (GO) – Pirenópolis (GO)
DI – 143 km/TE – 83 km/DF – 10km

11 de agosto – Quinta-feira
2ª Etapa – Pirenópolis (GO) – Porangatu (GO)
DI – 37 km/TE – 290 km/DF – 257 km

12 de agosto – Sexta-feira
3ª Etapa – Porangatu (GO) – Gurupi (TO)
DI – 66 km/TE – 285 km/DF – 104 km

13 de agosto – Sábado
4ª Etapa – Gurupi (TO) – Porto Nacional (TO)
DI – 16 km/TE – 140 km/DF – 50 km

14 de agosto – Domingo
5ª Etapa – Porto Nacional (TO) – Lizarda (TO)
DI – 140 km/TE – 330 km/DF – 1 km

15 de agosto – Segunda-feira
6ª Etapa – Lizarda (TO) – Balsas (MA) – Etapa Maratona
DI – 1 km/TE – 428 km/DF – 7 km

16 de agosto – Terça-feira
7ª Etapa – Balsas (MA) – Barra do Corda (MA)
DI – 10 km/TE – 306 km/DF – 6 km

17 de agosto – Quarta-feira
8ª Etapa – Barra do Corda (MA) – Teresina (PI)
DI – 9 km/TE – 210 km/DF – 321 km

18 de agosto – Quinta-feira
9ª Etapa – Teresina (PI) – Sobral (CE)
DI – 71 km/TE – 253 km/DF – 181 km

19 de agosto – Sexta-feira
10ª Etapa – Sobral (CE) – Fortaleza (CE)
DI – 15 km/TE – 86 km/DF – 270 km

20 de agosto – Sábado
18h – Abertura da Cerimônia de Premiação
19h – Início da Premiação