Leandro Torres e Henrique Arena cumprem primeira etapa dos Sertões

10 de agosto de 2011

A caravana do 19º Rally dos Sertões partiu hoje cedo de Goiânia, GO, rumo à cidade de Pirenópolis, GO. A 1ª etapa da competição demonstrou claramente a disposição e ansiedade dos competidores e equipes de apoio. No total, serão percorridos até o dia 19 de agosto, 4.041 quilômetros até Caucaia, CE, com chegada na Praia do Cumbuco.

No total, 70 motos, 08 quadriciclos, 59 carros e 05 caminhões alinharam os veículos para a empreitada desta quarta-feira, que teve 235 quilômetros, com 83 quilômetros de trecho cronometrado. A especial é a mais curta desta edição do Sertões, e apresentou boa quantidade de obstáculos: bastante travado, o roteiro não poupou pilotos, navegadores e tampouco equipamentos, diante de um piso predominantemente de pedras, com trial, subidas e descidas.

O piloto Leandro Torres e o navegador Henrique Arena mantinham um bom ritmo de prova, quando no km 154,50 da planilha tiveram dúvida em uma referência e, rapidamente, pararam o veículo. Logo em seguida, o adversário que vinha atrás, bateu na traseira da L200 Protom, causando algumas avarias. “O pára-lama entrou na roda e não permitiu que o carro andasse. Arranquei parte dele e desentortei o ferro que segurava a carroceria. Isso demandou um tempo grande (oito minutos), o que nos tirou algumas posições no resultado final”, contou Arena.

Dali pra frente, a dupla acelerou forte e realizou algumas ultrapassagens. “Recuperamos um pouco do prejuízo”, afirmou Torres, assegurando que o primordial nas dez etapas será poupar o equipamento. “Já começamos com uma especial bastante dura. Tivemos aproximadamente 40 quilômetros de puro pedregulho. A picape patinava demais nas subidas (com pedras); ‘uma verdadeira pirambeira’. E era preciso corrigir o hodômetro constantemente, e tudo isso, em meio a uma navegação difícil, com referências bastante próximas”, descreveu.