Na Holanda, Lucas Foresti disputa o Ultimate Masters of F-3

10 de agosto de 2011

Aproveitando o período de férias do Campeonato Britânico de F-3, competição em que tem sido um dos grandes destaques da temporada, o piloto brasileiro Lucas Foresti (Radiex) vai aproveitar o seu tempo livre para fazer o que realmente  mais gosta, competir.

Isto mesmo, no tradicional autódromo Circuit Park Zandvoort, na Holanda, o brasileiro de 19 anos irá disputar em uma das mais tradicionais corridas da modalidade no mundo, o Ultimate Masters of F-3. A competição, criada em 1991, ganhou fama com o nome de “Marlboro Masters” e tornou-se tradicional no cenário do automobilismo por receber, em um único evento anual, pilotos e equipes dos principais campeonatos de F-3 pelo mundo como o Europeu, Inglês, Italiano, Alemão e até mesmo japonês. Por este motivo o evento é considerado como uma Copa do Mundo de F-3.

Os principais pilotos do automobilismo mundial já competiram nesta prova e, tradicionalmente, quem se destaca em Zandvoort, tem virtualmente uma espécie de “visto” em seu passaporte para as categorias mais velozes do esporte-motor como GP2, World Series e até mesmo F-1. Nomes conhecidos mundialmente no esporte escreveram seus nomes na história do F-3 Masters como David Coulthard, Rubens Barrichello, Nelsinho Piquet, Lewis Hamilton, Ralf Schumacher, Lucas DiGrassi dentre vários outros.

O traçado de Zandvoort é altamente técnico e apresenta trechos de alta velocidade mesclados com curvas muito sinuosas. Sua pista tem extensão total de 4.180 metros e apresenta três pontos claros de ultrapassagem. Nesta prova Foresti irá competir pela equipe alemã Mucke Motorsport. O conjunto do time para esta competição será igual ao que Lucas tem competido no Campeonato Britânico que conta com os chassis Dallara F-310 e motores Mercedes-Benz. A principal diferença para os finais de semana do Campeonato Britânico é que neste evento acontece apenas uma corrida, com a duração de uma hora.

“Estou ansioso para correr novamente em Zandvoort. É um final de semana diferente, em uma corrida com uma atmosfera histórica. O autódromo fica lotado de fãs e, em uma única corrida, tudo acontece. Como participei da prova no ano passado, agora já conheço o traçado e podemos trabalhar bem o acerto do carro. Acredito que temos totais condições de lutar por este título que, sem dúvida, é muito importante na carreira de qualquer piloto”, afirmou.

Foto: Jakob Ebray – Divulgação