Vitória Portuguesa nas Motos

13 de agosto de 2011

Este sábado levou a caravana do Rally dos Sertões em uma curta transferência de Gurupi a Porto Nacional, também no Tocantins. Para os concorrentes era dia de uma especial muito mais rápida do que as anteriores, piso bom de piçarra, poucas pedras e a promessa de pequenas diferenças entre os primeiros classificados, já que foram apenas 142 km de trecho cronometrado.

Paulo Gonçalves acelerou forte e completou os 142km em 01h26min 11seg, mesmo tendo que ultrapassar o brasileiro Dario Júlio Souza. Felipe Zanol foi conservador, mantendo a liderança mesmo chegando em 6º hoje por ter que abrir caminho. Sua diferença para Ike Klaumann, que ficou em 2º lugar, diminui em quase 2 minutos e acirra a disputa. Os franceses, Casteau e Despres, continuaram travando uma acirrada batalha particular e seguem separados por apenas 5seg na classificação geral!

Felipe – “Prova muito rápida, que não combina muito com o meu estilo. Gosto de trechos mais navegados com dificuldades e obstáculos. Não pensei em poupar hoje. Amanhã sim é um dia de economizar para não ter problemas com a moto na etapa maratona. A moto? Se comportou muito bem.

Paulo – “Etapa bem ao meu gosto. Com menos navegação tive oportunidade de fazer o que eu gosto, acelerar. Nos primeiros dias o road book tinha cinco referências a cada quilômetro. No Dakar temos uma referência a cada cinco quilômetros, por isso hoje me senti bem à vontade. É a minha primeira participação no Sertões e estou gostando muito do que vejo”.