Doris van Hees deve receber alta nesta segunda

15 de agosto de 2011

Doris van Hees, navegadora da Codipar Racing, está pronta para outra. Após sofrer acidente na 2ª etapa do Rally dos Sertões, quando o Troller da equipe capotou, juntamente com o piloto Willem van Hees, Doris sofreu fratura na mão direita, e passou por procedimento cirúrgico na manhã deste domingo, no Hospital São Luiz, em São Paulo. Na cirurgia, foi colocado um pino no dedo mindinho (dedo auricular) para reconstituí-lo, a expectativa é de que ela tenha alta nesta segunda-feira.

A navegadora da Codipar Racing foi operada pelo Dr. Fernando Vertin, especialista em mãos. “Foi tudo bem na cirurgia, onde foi colocado um pino no dedo mindinho da minha mão direita, devo retornar ao hospital daqui 15 dias para uma nova cirurgia, desta vez nos outros dois dedos da mão que também sofreram fraturas, mas em proporções menores”, contou Doris que ainda não tem previsão de quando poderá voltar as competições.

Companheiro de Doris dentro, e fora das trilhas, Willem se surpreendeu com o carinho e preocupação de amigos, familiares e adversários de competições. “Estou impressionado com o número de amigos que temos. Muita gente tem vindo ao box perguntar sobre a Doris. Recebemos muitos e-mails de força e pessoas querendo receber notícias”, contou o piloto que segue com a equipe de apoio da Codipar Racing no restante do Rally dos Sertões, em suporte ao piloto Cleomano Nunes de Souza e o navegador Jorge da Costa Santana, que correm na categoria Production, a bordo da Troller de número 357.

Foto: Luciano Santos/Sigcom  – Divulgação.