Rogério Castro tem final de semana difícil

15 de agosto de 2011

Apesar do esforço da equipe Quality Sports/Fabec Brasil, o desempenho do Fiat Linea guiado por Rogério Castro não foi dos melhores na 4ª etapa do Troféu Linea, que aconteceu neste domingo (14), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Isso porque o piloto goiano se envolveu em um acidentem nos treinos livres do sábado e teve que usar o carro reserva no qualifying, que aconteceu no mesmo dia, e nas provas do domingo.

Na primeira corrida do domingo, debaixo de uma leve garoa, Rogério, que largou na última colocação (20º), foi obrigado a fazer uma prova de recuperação. “Foi difícil guiar o carro, o volante estava muito duro e os freios estavam ruins. Com isso, ficou difícil arriscar ultrapassagens, já que eu levaria muita desvantagem na freada. Se tivesse mais calor, acho que os freios não aguentariam até o final. Mas vamos arrumar o carro para a segunda corrida”, disse confiante o piloto após o termino da primeira prova, em que chegou na 16ª colocação.

Já na segunda corrida, Rogério Castro mal teve tempo de se recuperar, pois na primeira volta Popó Bueno e Ulisses Silva se envolveram em um grave acidente. Com isso o carro de segurança permaneceu na pista durante quase metade da prova. “Mesmo depois da saída do safety car, o carro não estava respondendo bem. Eu diria que essa talvez tenha sido o pior final de semana da minha carreira, mas para semana que vem vamos melhorar e voltar a correr entre os dez primeiros”, comentou Rogério.

Foto: Duda Bairros – Divulgação.