Gunter e Haseyama partem para as etapas finais

17 de agosto de 2011

O piloto Gunter Hinkelmann e o navegador Marcelo Haseyama são estreantes, mas disputam o Rally dos Sertões na categoria mais concorrida, a Super Production. Além de enfrentar há oito dias, com bravura: pedras, areia, poeira, problemas no carro, lombas, descidas, subidas, curvas, calor e cansaço, eles também têm enfrentado de igual para igual competidores experientes e já na primeira participação no rali, a dupla mantém a 7ª colocação na categoria.

Nesta quarta-feira, Gunter e Haseyama da equipe MSL Rally Team/ MSL Rally do Brasil, concluíram com êxito mais uma etapa do rali. Com o tempo de 02h47m29s, a dupla terminou a especial de 210 quilômetros e chegou à Teresina (PI). “A prova de hoje foi bem tranquila, mas tivemos alguns problemas com a suspensão e amortecedor do carro, e por isso, perdemos um pouco a estabilidade do veículo. Além disso, no final no deslocamento, mais um agravante, desta vez entrou um pouco de ar no bico do motor do veículo, mas de resto foi tudo bem”, disse o navegador Haseyama.

A especial de hoje foi marcada por um percurso totalmente inédito na história do Rally dos Sertões, de excelente nível técnico, formado por trechos de areia de difícil locomoção e savanas. “A etapa foi desgastante, com muitos trechos fortes, de trial, trechos pesados, alternando com muita areia e piçarras, e muitas referências na planilha de navegação, mas deu tudo certo”, contou Haseyama.

Tanto os competidores quanto os veículos, foram muito exigidos na especial. Foi necessário talento, técnica e uma dose de controle emocional para superar mais este desafio. Agora Gunter e Haseyama preparam-se para os momentos finais do segundo maior rali do mundo.”Nossa estratégia daqui pra frente será de chegar, completar as duas últimas etapas. Sabemos que estamos chegando ao ponto mais crítico do rali, e agora falta muito pouco”, afirmou o navegador.

Foto: Theo Ribeiro/Foto Arena – Divulgação.