Marcos Baumgart aposta em melhora de desempenho no próximo ano

19 de agosto de 2011

Não foi o final que o X Rally Team (Equipe Mitsubishi Brasil) esperava. Mas nos rostos de cada integrante da equipe, principalmente de Cristian Baumgart e Beco Andreotti, a alegria por ter chegado ao fim de mais um Rally dos Sertões era latente. A dupla terminou a última especial do rali, entre Sobral e Caucaia (CE) na segunda colocação, tendo sido o melhor carro da equipe Mitsubishi na etapa.

“Infelizmente tivemos problemas entre Lizarda e Balsas, justamente na parte final da etapa Maratona, e isso nos derrubou na classificação geral. Entretanto, continuamos na batalha para continuar desenvolvendo o carro e também para provar que, não fossem estes problemas, poderíamos ter fechado a prova de uma maneira bem diferente”, afirmou Cristian Baumgart, que ao lado de Beco Andreotti liderava a competição na categoria Protótipos T1 até a sexta etapa, quando o rali deixava o estado do Tocantins e entrava no Maranhão.

“Já disputamos este rali há um bom tempo. Queríamos muito ter vencido, tínhamos potencial para isso, estávamos concentrados, focados e estimulados. O trabalho da equipe foi sensacional desde o início, mas o Sertões é assim: ganha-se ou perde-se nos detalhes”, resignou-se o navegador Andreotti. “Entretanto, só de chegar ao final com o carro inteiro é motivo de muito orgulho, porque este ano em especial foi extremamente difícil e competitivo para todos os pilotos”, acrescentou.

A outra dupla do X Rally Team, Marcos Baumgart e Kleber Cincea, também esteve na festa da chegada, mas de uma maneira diferente. Piloto e navegador ocupavam a segunda colocação na T1 quando tiveram um problema na primeira parte da Maratona, entre Porto Nacional e Lizarda, no Tocantins, e dois dias depois foram forçados a abandonar a prova na sétima das dez etapas. “Foi um rali muito severo com as máquinas, mas vamos continuar trabalhando para melhorar e voltar ano que vem lutando pela vitória. Sabemos que estamos no caminho certo”, afirmou Marcos.

Foto: Marcelo Maragni/Fotoarena – Divulgação.