Serra, Khodair e Marques recebem bandeirada separados por meio segundo

21 de agosto de 2011

Apesar da temperatura ambiente de 5ºC no Velopark na manhã deste domingo, o Brasileiro de Marcas teve a corrida mais quente de sua curta história. Durante todo o tempo, Allam Khodair, Daniel Serra, Thiago Marques e Átila Abreu disputaram ferozmente a vitória, com Serra recebendo a bandeirada apenas 0s002 à frente de Khodair e 0s562 de Marques.

As últimas voltas foram de uma disputa eletrizante entre Khodair, Serra e Marques, após Valdeno Brito, que liderou no início, ser punido por queima de largada, e Átila ter se envolvido em incidente com Aluizio Coelho. Em determinado momento da disputa, os três líderes chegaram a emparelhar em plena chicane, mas, em uma disputa limpa e exemplar, todos conseguiram evitar qualquer tipo de toque ou incidente.

“O mais importante do fim de semana é que todos tinham o objetivo de chegar na competitividade do Valdeno Brito, e acredito que isso foi conquistado. O pódio sempre na primeira etapa é o resultado verídico, sem grid invertido o que a gente espera. A equipe conseguiu se adaptar rapidamente ao carro de tração dianteira, pois acreditávamos em uma certa dificuldade nesse início da competição”, destaca Marques, da equipe Navegador 4 Rodas Racing, que somou seu terceiro pódio do ano.

A competitividade ficou explícita na tabela de classificação do campeonato, com os quatro primeiros (Valdeno, Thiago Camilo, Serra e Marques) separados por dez pontos, sendo que 25 ainda estão em jogo neste domingo. O tira-teima será às 13h25 (de Brasília), quando acontece a corrida final da rodada dupla, com exibição ao vivo da RedeTV!, que mostrará um compacto da prova inicial às 13h. Largando em sexto por conta do grid invertido, Thiago celebra o fato de largar à frente dos principais carros da Honda, maior concorrente da Chevrolet na briga pela vitória.

“Está muito claro que os Honda andam mais de reta. Isso dificulta a ultrapassagem dos Chevrolet no fim da reta, que é o ponto ideal de ultrapassagem, e fica praticamente impossível ultrapassá-los em condições normais de corrida. Tinha de aproveitar as oportunidades e até tive uma, quando o Khodair estava preocupado com o Serrinha e arrisquei. Cheguei a arriscar e passar o Serrinha, mas vi uma barreira de pneus crescer na minha frente e tive de recolher”, completa.

Confira o resultado final da primeira prova:

1°. Daniel Serra (Honda Civic), 28 voltas em 29min55s959
2°. Allam Khodair (Honda Civic), a 0s002
3°. Thiago Marques (Chevrolet Astra), a 0s562
4°. William Freire (Toyota Corolla), a 1s107
5°. Fabio Carbone (Honda Civic), a 1s713
6°. Thiago Camilo (Chevrolet Astra), a 3s040
7°. Fabio Fogaça (Ford Focus), a 3s740
8°. Claudio Ricci (Ford Focus), a 4s195
9°. Alceu Feldmann (Honda Civic), a 4s828
10°. Denis Navarro (Toyota Corolla), a 5s160

Classificação do campeonato após sete corridas:

1°. Valdeno Brito, 100 pontos
2°. Thiago Camilo, 99
3°. Daniel Serra, 93
4°. Thiago Marques, 90
5°. Alceu Feldmann, 67
6°. Fabio Carbone, 64
7°. Galid Osman, 51
8°. Juliano Moro, 50
9°. Rodrigo Miguel, 44
10°. Atila Abreu, 38